Imagem da matéria: Empresa faz alerta sobre centralização de nodes do Ethereum
(Foto: Shutterstock)

A fornecedora de serviços em nuvem Hetzner disse que seus produtos não foram feitos para usuários de criptomoedas — apesar de hospedar 10% de todos os nós (nodes) da rede Ethereum.

Em uma publicação do Reddit esta semana, a empresa afirmou que mesmo a operação de apenas um nó é uma “violação”. Um nó é um computador que, junto com outros nós, alimenta uma rede descentralizada, como o Bitcoin ou Ethereum.

Publicidade

Nós são necessários para executar software que possa verificar blocos e dados de transações e manter uma rede funcionando.

O ether (ETH) é a segunda maior criptomoeda em termos de capitalização de mercado. Já que o Ethereum é uma blockchain descentralizada, qualquer um pode configurar um nó para contribuir e participar da manutenção da rede.

Muitos participantes da rede Ethereum utilizam fornecedores de computação em nuvem para hospedar seus nós. Segundo dados do site Ethernodes.org, quase 62% de todos os nós da rede Ethereum são operados via serviços de hospedagem, como Amazon.

Dentre esses nós hospedados, 14% utilizam a Hetzner, ou seja, a empresa alemã atualmente hospeda 10% dos nós do Ethereum.

Descentralização do Ethereum

O debate ressurgiu na sexta-feira (26) quando a cofundadora da W3bcloud, Maggie Love, lamentou esse fato via Twitter.

Love sugeriu que o Ethereum não tinha uma descentralização adequada porque depende bastante de serviços em nuvem, como a Amazon que, por si só, representa 50% de todos os nós hospedados do Ethereum.

Publicidade

O tuíte também mencionava a Hetzner, e a empresa respondeu com um link para uma publicação no Reddit, afirmando que clientes que estão usando o Ethereum “deveriam ler”.

Na publicação, a empresa alegava que seu serviço realmente não deveria estar sendo usado para coisas relacionadas a cripto, incluindo Ethereum. “Usar nossos produtos para qualquer aplicação relacionada à mineração, mesmo que remotamente relacionada, não é permitido”, afirmou.

“Isso inclui o Ethereum. Inclui proof of stake, proof of work e aplicações relacionadas. Inclui negociação. Vale para todos os nossos produtos, exceto colocação [hospedagem de equipamentos de hardware].”

A Hetzner acrescentou: “Estamos cientes de que existem muitos usuários do Ethereum atualmente na Hetzner e estamos discutindo internamente como podemos abordar melhor essa questão”.

Publicidade

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

Quer negociar mais de 200 ativos digitais na maior exchange da América Latina? Conheça o Mercado Bitcoin! Com 3,8 milhões de clientes, a plataforma do MB já movimentou mais de R$ 50 bilhões em trade in. Crie sua conta grátis!

VOCÊ PODE GOSTAR
moeda de bitcoin ao lado de celular com logo da mt gox

Grandes credores da Mt. Gox não devem vender os bitcoins que receberem – e isso é um alívio para o mercado

A extinta exchange Mt. Gox deve começar a reembolsar seus credores em breve, e há um temor de que isso possa derrubar o preço do Bitcoin com uma onda vendedora
moedas de bitcoin e letras ETF

Analista prevê que ETFs de Ethereum podem capturar até 20% dos fluxos de ETFs de Bitcoin

Performance, contudo, pode depender de como a SEC vai classificar o staking de ETH
Imagem da matéria: ETFs de Bitcoin nos EUA têm entrada de US$ 488 milhões e igualam a mais longa série positiva desde o lançamento

ETFs de Bitcoin nos EUA têm entrada de US$ 488 milhões e igualam a mais longa série positiva desde o lançamento

ETFs de Bitcoin chegaram ao 17º dia seguido de fluxo de entrada com todos os 11 fundos apresentando números positivos ou neutros na quarta-feira
Ilustração mostra baleia mergulhando num mar de bitcoin

40% do fornecimento total do Bitcoin é mantido por baleias, diz levantamento

Acumulação pode estar alinhada ao fluxo contínuo e positivo de investimentos em ETFs de Bitcoin à vista