Imagem da matéria: Empresa de mineração de criptomoedas compra US$ 66 milhões em placas GPU da Nvidia
Rig de mineração com GPUs (Foto: Shutterstock)

A Hive Blockchain Technologies, empresa canadense do setor de blockchain e mineração de criptomoedas, aproveitou a queda no preço de GPUs para fazer uma compra de US$ 66 milhões na Nvidia, informou a entidade em um comunicado na quinta-feira (01).

A Hive é listada na TSX Venture Exchange, bolsa de valores do Canadá, e também na americana Nasdaq, sob os tickers HIVE e HVBT, respectivamente.

Publicidade

Além da compra milionária, a Hive também celebrou um contrato com a ‘Rede de Parceiros Nvidia’ (NPN), uma iniciativa de provedor de serviços em nuvem. Segundo a empresa, a adesão ao programa NPN é um passo significativo em direção à estratégia de crescimento e expansão da companhia focada em serviços de nuvem corporativa.

A Hive não informou o modelo e nem a quantidade de GPUs da Nvidia que foram encomendadas, mas disse que os equipamentos de mineração serão entregues ao longo dos meses restantes do calendário 2021.

“A Hive sempre teve a capacidade de mudar de curso quando necessário, desde que foi a primeira empresa de blockchain a abrir o capital em 2017. Nosso investimento em GPUs Nvidia tanto fortalece a empresa quanto mantém nossa agilidade e poder para rodar nesta indústria dinâmica e em constante mudança”, disse Frank Holmes, Presidente Executivo da Hive. 

Ainda sobre a transição para serviços em nuvem, a Hive destacou: “A aceitação no programa NTN fornece à empresa acesso ao ecossistema, aos parceiros, aos clientes e à profunda experiência da indústria da NVIDIA. Esses benefícios permitirão que o HIVE faça a transição para a nuvem corporativa sem problemas, aproveitando a liderança técnica da NVIDIA”.

Publicidade

Nvidia e mineração

A Nvidia anunciou no mês passado o lançamento de suas mais novas GPUs, a GeForce RTX 3080 Ti e a GeForce RTX 3070 Ti. A primeira, segundo a empresa, será seu “carro-chefe para gamers”. A frase, contudo, foi uma indireta para os mineradores de criptomoedas que no ano passado ajudaram na redução de estoque de GPUS da companhia.

No entanto, o setor de mineração tem sido parte da lucratividade da Nvidia. Em maio, por exemplo, um relatório de atualização de lucros revelou que a empresa gerou US$ 155 milhões em receita com seus processadores de mineração de criptomoedas (CMP, na sigla em inglês) no segundo trimestre deste ano. No primeiro; US$ 289 milhões.

Isso sem contar as GeForces que clientes compram para minerar e não para jogar videogame, o que não é o foco da companhia. Em resumo, os jogadores de PC e os mineradores competem pelas placas e a Nvidia, apesar de lucrar com isso, não tem muito o que fazer.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Projeto de universitários brasileiros ganha R$ 50 mil em hackathon global da Solana

Projeto de universitários brasileiros ganha R$ 50 mil em hackathon global da Solana

Grupo criou aplicação para conectar via blockchain produtores de energia e estações de abastecimento, com a mira no mercado de carros elétricos
Celular com o logo da CVM e notebook aberto no site da Comissãod e Valores Mobiliários

CVM reconhece ativo de blockchain como token de pagamento

Dynasty Global AG recebeu na última semana a classificação do D¥N como um token de pagamento pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).
Imagem da matéria: Bitcoin salta 6% e supera US$ 66 mil conforme a inflação desacelera nos EUA

Bitcoin salta 6% e supera US$ 66 mil conforme a inflação desacelera nos EUA

“Os números do CPI dos EUA desencadearam uma ruptura na faixa de ativos de risco”, disse a empresa de Cingapura QCP Capital sobre a alta do Bitcoin
Imagem da matéria: Microsoft lança PC com IA que vai lembrar tudo que você faz na internet

Microsoft lança PC com IA que vai lembrar tudo que você faz na internet

A big tech revelou o Copilot+ PC “projetado para IA” que recorda tudo o que é exibido na tela do seu computador