Elon musk e Tesla
Shutterstock

Durante a apresentação de resultados da Tesla na quarta-feira (20), o CEO Elon Musk explicou o motivo da venda de 75% das alocações em bitcoin (BTC) da empresa, equivalentes a aproximadamente US$ 936 milhões, conforme destacado em seu relatório de resultados do segundo trimestre.

Leia também: Tesla vende 75% da sua reserva de bitcoin por US$ 936 milhões

Publicidade

“O motivo pelo qual vendemos um monte de nossas alocações em bitcoin foi que não tínhamos certeza quando os ‘lockdowns’ na China por conta da covid-19 iriam aliviar”, disse Musk na apresentação. “Então era importante para nós maximizar nossa posição em caixa, dada a incerteza dos lockdowns da covid-19 na China.”

Apesar de a China ter aliviado as restrições de covid-19 em grandes cidades no fim de maio, um aumento nos casos em Pequim e em outras regiões principais fez o governo reimpor normas algumas semanas depois. No início deste mês, testes em massa e lockdowns foram implementados em Xangai.

Como consequência, a “política covid zero” da China está sendo colocada novamente à prova, gerando novos alertas de enormes obstáculos econômicos. A Reuters noticiou que a segunda maior economia do mundo se contraiu drasticamente no segundo trimestre em comparação ao primeiro tanto na produção industrial como nas despesas com consumidores.

Tesla pode comprar mais criptomoedas no futuro

Na apresentação, a empresa explicou que a Tesla converteu grande parte de suas alocações em bitcoin em “fiat” (fiduciária) para ganho realizado, ganhando um custo de US$ 106 milhões ao lucro e prejuízo inclusos nas despesas de reestruturação relacionadas às reduções de funcionários.

Apesar da liquidação, Musk disse que a Tesla está disposta a aumentar suas alocações em moedas no futuro.

“Este não deve ser considerado como um veredito sobre o bitcoin”, explicou, fazendo questão de acrescentar que a Tesla não vendeu nenhuma dogecoin (DOGE).

Publicidade

Em uma subsequente sessão de perguntas e respostas, Musk disse que criptomoedas não eram algo no qual a empresa pensa muito e é “um show à parte de um show à parte” e um adendo para a empresa.

Musk esclareceu que o principal objetivo da Tesla é “acelerar o advento da energia sustentável”.

“Para nós, criptomoedas não são tão relevantes”, explicou.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Corretoras fazem ação para ajudar vítimas de enchentes no RS; 4 vão dobrar doações de usuários

Corretoras fazem ação para ajudar vítimas de enchentes no RS; 4 vão dobrar doações de usuários

Binance irá doar vouchers de tokens BNB para moradores do Rio Grande do Sul, enquanto Bitso, Foxbit, Bybit e OKX irão dobrar os valores doados por seus clientes
Celular com o logo da CVM e notebook aberto no site da Comissãod e Valores Mobiliários

CVM reconhece ativo de blockchain como token de pagamento

Dynasty Global AG recebeu na última semana a classificação do D¥N como um token de pagamento pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).
Criador do Twitter e da Square, Jack Dorsey em palestra no TED

Preço do Bitcoin atingirá US$ 1 milhão até 2030, diz Jack Dorsey

Em uma entrevista recente, o cofundador do Twitter e da Block argumentou que o Bitcoin poderia atingir US$ 1 milhão e ir “além” no futuro
Imagem da matéria: Fundos cripto do Brasil e Hong Kong são os únicos com fluxo positivo na última semana

Fundos cripto do Brasil e Hong Kong são os únicos com fluxo positivo na última semana

Fundos cripto tiveram a quarta semana seguida de saídas, mas o Brasil segue com tendência positiva ao lado de Hong Kong, que se destaca com a estreia de ETFs