Moeda de Bitcoin à frente de bandeira de El Salvador
Shutterstock

O governo de El Salvador lançou nesta sexta-feira (8) um programa que promete emitir anualmente 1.000 vistos de longo prazo para estrangeiros que estão dispostos a investir pelo menos US$ 1 milhão em Bitcoin (BTC) ou Tether (USDT) no país.

A campanha “Visionary Freedom Program” ou “Visto da Liberdade”, condicionou a participação ao pagamento de uma taxa de inscrição no valor de US$ 999, cerca de R$ 4,9 mil.

Publicidade

“Este programa Freedom Visa não é apenas um investimento; é um compromisso com a construção do país do futuro”, diz a página oficial do programa do governo Adotando El Salvador. “El Salvador está vivendo seu renascimento impulsionado por uma liderança ousada, liberdade econômica e um compromisso com a liberdade financeira”, acrescenta.

Para participar do programa de El Salvador, o primeiro país do mundo a adotar o Bitcoin como moeda legal, o interessado precisa preencher o formulário de inscrição na página oficial e pagar a taxa de US$ 999 em Bitcoin (BTC) ou Tether (USDT). O valor não será reembolsado, diz a organização.

Feito isto, a organização vai analisar minuciosamente a vida de cada candidato e em caso de elegibilidade será concedido uma autorização de residência de longo prazo, abrindo caminho para a cidadania plena.

Os planos de Nayib Bukele

A campanha Visto da Liberdade está alinhada aos objetivos do presidente salvadorenho Nayib Bukele, que há tempos vem tentando reduzir a dependência de El Salvador dos dólares americanos. Para ele, iniciativas como essa ajudam o país a combater a hiperinflação, atraindo novas fontes de rendimento.

Publicidade

Na América Central, Antígua e Barbuda fez o mesmo em 2018, quando alteraram a lei de cidadania no país para atrair os novos investidores de Bitcoin. Na época, era necessário realizar uma doação de US$ 100 mil ao fundo soberano ou investir entre US$ 400 mil e US$ 1,5 milhão no país.

Em muitos países, iniciativas como essas são conhecidas como “Golden VISA” (ou Visto Dourado), onde pessoas ricas podem investir uma certa quantia em títulos ou propriedades em troca de uma autorização de residência permanente.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Bitcoin pode cair até US$ 50 mil em breve, alerta analista brasileiro

Bitcoin pode cair até US$ 50 mil em breve, alerta analista brasileiro

Analista da Foxbit avalia gráficos do Bitcoin e aponta que preços devem continuar pressionados ao longo da semana
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin cai 5% para US$ 54 mil com início dos pagamentos da Mt. Gox

Manhã Cripto: Bitcoin cai 5% para US$ 54 mil com início dos pagamentos da Mt. Gox

O preço do Bitcoin chegou a atingir US$ 53.898 após uma carteira da Mt. Gox transferir US$ 2,7 bilhões
bitcoin

Manhã Cripto: Bitcoin recua 2,2% apesar da queda da inflação nos EUA

Embora os dados macroeconômicos atuais sejam positivos, o Bitcoin ainda busca estabilidade em meio às preocupações pontuais dos investidores
Imagem da matéria: Deputada alemã critica venda de Bitcoin do governo e defende mantê-lo em reserva estratégica

Deputada alemã critica venda de Bitcoin do governo e defende mantê-lo em reserva estratégica

“O Bitcoin oferece uma oportunidade única de diversificar os ativos do estado”, escreveu Cotar