Imagem da matéria: Dólar opera em queda e bolsa brasileira bate novo recorde
(Foto: Shutterstock)

O dólar continua operando em queda e já é negociado abaixo dos R$ 3,70. O Ibovespa, principal índice do mercado de ações brasileiro, opera em alta nesta quarta-feira (09) e já está acima dos 93.000 pontos após fechar em recorde histórico na terça (08).

O otimismo do mercado em relação a um possível acordo comercial entre Estados Unidos e China está impulsionando o real frente ao dólar. Reforma da previdência mais robusta também anima mercado.

Publicidade

De acordo com a Reuters, um jornal estatal chinês afirmou acreditar que EUA e China divulgarão um comunicado sobre o acordo na quinta-feira.

Segundo pesquisa da Reuters, a expectativa é que o dólar fique em torno de R$ 3,76 até o fim de 2019, de acordo com a mediana das estimativas de 26 analistas.

Dólar e reformas

As projeções para o câmbio em um, três e seis meses na pesquisa ficaram próximas desse nível. O alerta, no entanto, fica para possíveis instabilidades do novo governo em busca das aguardadas aprovações das reformas econômicas pretendidas.

Sobre a questão da reforma da previdência, Paulo Guedes, atual ministro da economia do governo Bolsonaro, disse que a reforma não será fatiada, e que o governo estuda proposta com regra de transição “da mesma profundidade” da que existia antes, que considerava um tempo de 20 anos para a travessia.

Publicidade

Nesta manhã, o chefe da Casa Civil Onyx Lorenzoni acrescentou que o presidente Jair Bolsonaro decidirá na próxima semana sobre a proposta que será apresentada da reforma da previdência e enfatizou que a intenção é apresentar um pacote único ao Congresso, ao invés de uma reforma fatiada.

Como deverá ser a reforma da previdência

A reforma mudará as regras dos atuais beneficiários mas o foco será nas futuras gerações.

O regime atual é o de repartição, pelo qual o trabalhador ativo paga os benefícios de quem está aposentado.

A proposta de Guedes para a nova geração é a de capitalização, um tipo de poupança onde o próprio trabalhador faz para garantir a sua aposentadoria no futuro.

“Eu acho que um sistema de capitalização, como estamos desenhando, é algo bastante mais robusto, é mais difícil, o custo de transição é alto. Mas estamos trabalhando para as futuras gerações”, afirmou o ministro à Globo.

De acordo com Guedes, a previsão do governo é que as contas da Previdência registrem saldo negativo superior a R$ 300 bilhões neste ano.

Publicidade

BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil
Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração mostra mapa do Brasil com pontos ligados em blockchain

Banco Central, UFRJ, Polkadot e Ripple se unem para aprofundar pesquisas sobre interoperabilidade entre blockchains e DREX

A Federação Nacional de Associações dos Servidores do Banco Central (Fenasbac) antecipa…
Sunny Pires surfando

Surfista brasileiro recebe patrocínio em criptomoedas de comunidade web3

Sunny Pires, de 18 anos, embarca neste mês em expedição à Nicarágua com apoio da comunidade web3 Nouns
Celular com logo do Pix sob bandeira do Brasil

Pix: Um catalisador para o futuro das finanças descentralizadas no Brasil? | Opinião

Para o autor, o Pix, combinado com os princípios das finanças descentralizadas e conceitos de dinheiro programável, poderia abrir caminho para uma nova era de inovação financeira
Três policiais na porta de suspeito de tráfico de drogas no MT

Servidor que usava sistema de secretaria para vendas de drogas com criptomoedas na dark web é preso no MT

A plataforma de comércio ilegal de entorpecentes funcionava através da rede Tor