DAO, AssangeDAO, organização autônoma descentralizada, ethereum, Julian Assange, EUA
Shutterstock

Gestores da carteira de criptomoeda da AssangeDAO fizeram transferências milionárias em ethereum (ETH) nos últimos dias para outras contas, causando sérias críticas à comunidade da iniciativa. Isso porque a DAO (Organização Autônoma Descentralizada) foi criada para ajudar na liberdade de Julian Assange, fundador do Wikileaks, é acompanhada por milhares de apoiadores, e os seus fundos deveriam ser usados exclusivamente para esse propósito.

Entre os dias 9 e 10 de abril, um endereço de uma carteira de criptomoedas multi-assinatura usado pela AssangeDAO para manter os fundos arrecadados transferiu 583.755 ETH, o que dá cerca de US$ 1,7 milhão na cotação atual da moeda. Os dados foram compartilhados pelo jornalista Colin Wu, conhecido como Wu Blockchain no Twitter.

Publicidade

De acordo com Wu, mesmo com o inícios das críticas, os responsáveis pela AssangeDAO ainda não se manifestaram sobre as transferências milionárias, como mostra o histórico no blockchian.

“AssangeDAO é uma farsa! Usar o DAO para arrecadar fundos e depois transferi-los para vários nomes é fraude e lavagem de dinheiro”, criticou o usuário ‘canghai’.

“É negativo, não vi comentários positivos e eu não consigo entender e não quero participar do DAO por enquanto”, disse um usuário que acompanha a iniciativa.

Em meio às críticas, Tim Copeland, editor do The Block, compartilhou informações de uma suposta fonte entre os desenvolvedores dizendo que as tranferências seriam “legítimas”, feitas para financiar uma campanha na Austrália em prol da liberdade de Assange.

Publicidade

As informações de Copeland levam à uma entidade chamada Wau-Holland-Stiftung que aparentemente é apoiada pelo fundo da AssangeDAO. Mesmo assim, a conta no Twitter também recebeu críticas.

“Como todo o dinheiro vem da Assange Dao, sua fundação é obrigada a comunicar sobre a direção do dinheiro”, comentou Surf92_Titan Pioneer. “Ouça opiniões em vez de tomar todas as decisões sem autorização”, completou.

Até o fechamento deste texto, a conta da AssangeDAO no Twitter não fez comentários sobre as transferências.

Julian Assange

O jornalista australiano Julian Assange é alvo de processo nos EUA por crimes de informática supostamente cometidos em 2012 que culminaram em vazamento de informações confidenciais do governo americano.

O caso envolve a ex-militar Chelsea Manning, que teria acessado informações secretas do governo e foi posteriormente publicado no Wikileaks.

Publicidade

Assange aguarda em uma prisão na Inglaterra uma possível extradição para os EUA. Manning também chegou a ficar presa por se negar a testemunhar contra Wikileaks.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Exchange japonesa DMM Bitcoin apresenta plano após perder US$ 300 milhões em BTC

Exchange japonesa DMM Bitcoin apresenta plano após perder US$ 300 milhões em BTC

Empresa já iniciou processo de captação para comprar a quantidade suficiente em Bitcoin para pagar os clientes impactados pelo ataque
Vitalik Buterin posa para foto na ETH Taipei 2024

Criador do Ethereum, Vitalik Buterin explica qual é o erro dos tokens de celebridades

O veterano do setor cripto criticou a captação de dinheiro pelas estrelas, afirmando que o hype pode ser aproveitado para fazer o bem
Imagem da matéria: Ripple cita Terra em apelação para reduzir multa da SEC de US$ 2 bi para US$ 10 mi

Ripple cita Terra em apelação para reduzir multa da SEC de US$ 2 bi para US$ 10 mi

A Ripple argumenta que sua penalidade é muito alta, “mesmo que não haja alegações de fraude neste caso”
Smartphone sobre dólares mostra logo Axie Infinity

Polícia da Noruega recupera e devolve R$ 30 milhões do hack da Axie Infinity

A polícia norueguesa para crimes financeiros recuperou e congelou os fundos do hack de 2022 que envolveu a sidechain Ronin