Fundador da Binance Changpeng Zhao posa para foto
Changpeng “CZ” Zhao, CEO da Binance (Foto: Decrypt)

Toda a comunidade cripto do X (ex-Twitter)  está de olho no mais recente acordo entre a Binance e a recém-lançada corretora de criptomoedas russa CommEx.

Nesse sentido, Changpeng “CZ” Zhao, CEO da Binance, recorreu ao X nesta manhã para fornecer esclarecimentos adicionais sobre a venda da unidade russa da exchange para a CommEx

Publicidade

Em sua mensagem, Zhao abordou os desafios legais de tal acordo, especialmente no contexto das sanções em curso à Rússia em meio à invasão da Ucrânia.

“CommEx não atende usuários dos EUA ou da União Europeia”, escreveu ele. “Eles possuem bloqueios de IP e KYC. Isso é uma condição que solicitamos no acordo.”

O chefe da Binance também esclareceu que ele não é o Beneficiário Final Efetivo (UBO) da CommEx, o que significa que ele não se beneficiou financeiramente do acordo.

Ele afirmou ainda que não possui ações na CommEx e que o acordo não inclui opções de recompra.

Além disso, destacou que os usuários da Binance que migrarem para a CommEx verão transferências de criptomoedas entre as duas plataformas, incluindo transações da fase de testes.

Publicidade

CZ também mencionou que vários ex-membros da equipe da Binance da CEI (Comunidade dos Estados Independentes, composta pela Rússia e 11 ex-repúblicas da União Soviética) podem fazer a transição para a CommEx. “Achamos que isso é algo bom”, escreveu ele.

Negócio entre Binance e CommEx

A Binance anunciou na quarta-feira (27) a venda de sua unidade regional na Rússia e sua subsequente retirada do país.

“Nosso maior objetivo é proteger nossos usuários e manter a confiança em nossa plataforma”, disse um porta-voz da Binance ao Decrypt. “Trabalhamos incansavelmente para investir nas equipes e sistemas que garantem a proteção do usuário. Fizemos investimentos massivos em talento de conformidade, processos e tecnologia e continuamos focados na construção de programas líderes mundiais de conformidade global e assistência à aplicação da lei.”

Portanto, “operar na Rússia não era compatível com a nova estratégia de conformidade da Binance”.

* Traduzido e editado com autorização do Decrypt.

Quer ganhar mais com Ethereum? Abra sua conta no Mercado Bitcoin, a corretora mais segura do Brasil, e comece a fazer staking agora mesmo

VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração de uma lâmpada flamejando B de bitcoin

Parceria em tokenização entre Mercado Bitcoin e Bolt Energy democratiza acesso ao setor de energia

A parceria entre as empresas teve início em 2022
Imagem da matéria: Drenador de carteiras de criptomoedas encerra negócio após roubar mais de US$ 85 milhões

Drenador de carteiras de criptomoedas encerra negócio após roubar mais de US$ 85 milhões

“Alcançamos nosso objetivo e agora, de acordo com o planejado, é hora de nos aposentarmos”, disseram os desenvolvedores do drenador de carteiras cripto
várias criptomoedas stablecoins sob uma mesa

Menos de 10% das transações com stablecoins são de usuários reais, diz Visa

Dados da Visa mostram que mais de 90% das transações com stablecoins foram feitas por robôs ou traders de grande escala
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 62 mil em dia de quedas generalizadas; Dogwifhat desaba 12%

Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 62 mil em dia de quedas generalizadas; Dogwifhat desaba 12%

As quedas resultaram em liquidações de US$ 148 milhões no mercado de criptomoedas nas últimas 24 horas