Imagem da matéria: CYBER: Traders da Coreia do Sul fazem nova criptomoeda decolar 175% na semana
Shutterstock

CyberConnect (CYBER), uma nova criptomoeda que começou a circular no mercado em agosto, já acumula nos últimos sete dias uma valorização de 175%, impulsionada principalmente pelo interesse de traders sul-coreanos.

O apreço especial do CYBER pelos investidores do país asiático pode ser visto pelo volume de negociação nas principais corretoras da Coreia do Sul, bem como no preço acima da média global que esses traders estão dispostos a pagar pelo ativo.

Publicidade

Dados do CoinMarketCap mostram que nesta sexta-feira (1º) o preço médio do CYBER nas corretoras globais está na casa dos US$ 10. Mas o cenário é diferente nas exchanges coreanas. Na Bithumb, por exemplo, o par de CYBER com o won coreano é negociado por US$ 19,65. Já na Upbit, outra popular corretora coreana, a moeda troca de mãos por US$ 14,70.

Preço do token CYBER nos últimos sete dias (Fonte: CoinMarketCap)
Preço do token CYBER nos últimos sete dias (Fonte: CoinMarketCap)

“Os traders coreanos estão fazendo pump do token CYBER, que teve um aumento de 150% em 7 dias. O preço subiu para cerca de US$ 14,70 no Upbit, enquanto o preço na Binance era de US$ 9,30”, escreveu o perfil Wu Blockchain. 

Com uma alta de preço expressiva, o token CYBER começou a atrair ainda mais atenção dos investidores ao redor do mundo. Nesta sexta, o ativo está em primeiro lugar no ranking de criptomoedas mais pesquisadas no CoinMarketCap.

Como mostram os dados do agregador, o valor de mercado do CyberConnect hoje está por volta de US$ 114 milhões, sendo que na segunda-feira o market cap da moeda não passava de US$ 40 milhões.

Publicidade

O novo fluxo de dinheiro chegando ao projeto fez com que CYBER logo atingisse a posição #171 no ranking das maiores criptomoedas do mercado. No ranking de ativos mais negociados nas últimas 24 horas, no entanto, CYBER se comporta de maneira ainda mais impressionante que os concorrentes, ficando no 12º lugar na lista do CoinMarketCap.

O que é CyberConnect?

O CyberConnect se define como uma rede social da Web3 que permite aos desenvolvedores criar aplicativos sociais que forneçam aos usuários habilidade de possuir sua identidade digital, publicar conteúdo e fazer conexões com outras pessoas.

Segundo o site do CyberConnect, essa rede social funciona sobre o CyberGraph, um contrato inteligente compatível com Ethereum e resistente à censura que registra o conteúdo e as conexões sociais dos usuários, com ferramentas de monetização integradas. 

“Por meio do design de middleware exclusivo e personalizável do CyberGraph, o armazenamento de dados sociais de alto valor unitário dos usuários em bancos de dados blockchain desbloqueia diversas novas redes sociais e primitivas de construção de comunidade, incluindo monetização por meio de tokenização”, explica a empresa.

Publicidade

A rede social também conta com o CyberID, um token ERC-721 que funciona como um identificador exclusivo para contas de usuários no ecossistema CyberConnect.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Trader transforma US$ 27 mil em US$ 2 milhões ao antecipar alta da GameStop

Trader transforma US$ 27 mil em US$ 2 milhões ao antecipar alta da GameStop

O súbito ressurgimento das ações “memes” nesta semana rendeu uma pequena fortuna aos traders que nunca desistiram das loucuras de 2021
Imagem da matéria: Ex-diretor da FTX é condenado a 7,5 anos de prisão — mas poderá ficar com seu Porsche

Ex-diretor da FTX é condenado a 7,5 anos de prisão — mas poderá ficar com seu Porsche

Ryan Salame, o ex-colaborador da FTX de Sam Bankman-Fried, foi condenado a 90 meses de prisão nesta terça-feira
Imagem da matéria: Entendendo as tecnologias por trás da tokenização de ativos | Opinião

Entendendo as tecnologias por trás da tokenização de ativos | Opinião

Apesar de chamara cada vez mais atenção, muitas pessoas ainda não sabem o que é a tokenização de ativos e como ela funciona
Moeda de Ethereum na frente de gráfico

Ethereum pode surpreender positivamente nos próximos meses, diz Coinbase

Subindo menos que outras criptomoedas em 2024, o Ethereum pode se recuperar e superar seus pares nos próximos meses, avalia a Coinbase