Imagem da matéria: Criptomoedas não são Riscos Sistêmico e Bitcoin não vai Superar Dinheiro, diz Entidade de Bancos Centrais
(Foto: Shutterstock)

O Banco de Compensações Internacionais (BIS), organização internacional que supervisiona bancos centrais, divulgou seu relatório anual no domingo (17) em que conclui que as criptomoedas não respondem a critérios do sistema monetário, portanto, não podem ser usadas como dinheiro.

Entre as alegações do banco estão a “inadequação” das criptomoedas como um meio de pagamento diário global, pois demandam um alto poder de processamento, a instabilidade do valor e a “confiança”. Esses fatores limitam a ideia de que as moedas substituirão o dinheiro convencional emitido por bancos centrais.

Publicidade

Segundo o BIS, para que um sistema monetário processe com sucesso as transações, ele deve ser elástico para atender à demanda e ser capaz de escalar com a economia. Como moedas digitais não são reguladas, o sistema não dispõe de reservas que os bancos centrais garantem para adequação da mudança de demanda.

O banco elenca uma série de desafios regulatórios, como relativos à lavagem de dinheiro, uso de moeda para terrorismo e proteção de consumidores, mas coloca o “risco sistêmico” o temor dos bancos tradicionais , como preocupação de longo prazo, a depender da maturidade desse mercado.

Menos Bitcoin, mais blockchain

“Um desafio de longo prazo diz respeito à estabilidade do sistema financeiro. É preciso ver se o uso generalizado de criptomoedas e a autoexecução de produtos financeiros relacionados darão origem a novas vulnerabilidades financeiras e a riscos sistêmicos”, diz.

Dez anos depois da criação do bitcoin, bancos buscam cada vez mais implementar soluções baseadas em blockchain, tecnologia distribuída que permite as operações, para acelerar e garantir mais segurança a seus serviços.

Publicidade

O BIS reconhece o sistema financeiro global poderá ter benefícios com a tecnologia, com pagamentos internacionais e negócios de exportação e importação mais eficientes.

Sobre a regulação de bancos centrais, há muitas dificuldades em impor regras em uma moeda que nasceu para independer de intermediários. Ao mesmo tempo em que autoridades pretendem manter a integridade de mercados e de sistemas de pagamentos, o banco lembra que também querem “preservar os incentivos de longo prazo para a inovação”.

BitcoinTrade

A BitcoinTrade é a melhor solução para compra e venda de criptomoedas.
Negocie Bitcoin, Ethereum e Litecoin com total segurança e liquidez.
Acesse agora ou baixe nosso aplicativo para iOs ou Android:
https://www.bitcointrade.com.br/ 

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Paradigm levanta US$ 850 milhões para investir em projetos cripto em estágio inicial

Paradigm levanta US$ 850 milhões para investir em projetos cripto em estágio inicial

A Paradigm, a proeminente empresa de capital de risco cripto, levantou US$ 850 mi para seu mais recente fundo voltado para projetos nascentes em várias categorias
Moedas douradas de Bitcoin (BTC) e um gráfico de preço ao fundo

Preço do Bitcoin despenca com liquidações de US$ 245 milhões no mercado

As liquidações de criptomoedas dispararam na terça-feira (11), com o Bitcoin despencando 5% e indo a US$ 66 mil
Um pessoa acompanha um gráfico de alta com o dedo indicador gŕadico de alta

Analistas indicam 3 criptomoedas que podem disparar em meio a queda do Bitcoin

Analistas da Fairlead Strategies produziram um gráfico de rotação relativa (RRG) das principais altcoins em relação ao BTC
Imagem da matéria: Terraform Labs e Do Kwon pagarão US$ 4,5 bi para resolver o caso de fraude da SEC

Terraform Labs e Do Kwon pagarão US$ 4,5 bi para resolver o caso de fraude da SEC

Embora o magnata das criptomoedas ainda esteja em Montenegro, ele agora está sendo responsabilizado pessoalmente por US$ 204 milhões