Imagem da matéria: Criptomoedas Chegam com Força ao Campus

A tecnologia Blockchain tem feito com que universidades americanas invistam em novos cursos voltados ao conhecimento de criptomoedas. O fato é que a demanda nas instituições vem alcançando níveis inéditos e a formação acadêmica é, segundo analistas, crucial para o desenvolvimento de negócios futuros. Por isso, informações sobre criptomoedas, e exclusivamente o Bitcoin, se espalharam rapidamente nas universidades de elite norte-americana.

Segundo o jornal New York Times, os cursos já são oferecidos em várias instituições. Entre elas, as universidades Duke (Carolina do Norte), Cornell e Stern School of Business (Nova Iorque) e o Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT).

Publicidade

David Yermack, professor de finanças na Stern School of Business, foi um dos primeiros a apresentar a inovação a seus alunos. “Riam de mim quando eu falava sobre Bitcoin em aula, mas logo todos perceberam o quanto isso era importante, inclusive quando comecei a ser chamado para discussões com vários bancos. Foi então que eles perceberam a proporção que esse assunto iria tomar”, disse em entrevista ao jornalista Nathaniel Popper, do New York Times.

Yermack afirmou, ainda, que a procura foi tão grande que tiveram que abrir novas salas, ampliar outras e limitar o número de alunos, pois qualquer assunto ligado à criptomoedas se tornou muito popular entre os jovens universitários. “Blockchain, Economia de Criptografia e Futuro de Tecnologia, Negócios e Direito” é um dos cursos mais procurados na Universidade da Califórnia (UC). O professor do curso, Greg La Blanc, também leciona “Finanças e Estratégias” em MBA e Mestrado em Engenharia Financeira.

Neha Narula, diretora do MIT, disse que quando anunciou o curso foi claramente um sucesso entre os interessados. “Os alunos estão fascinados e ao mesmo tempo desesperados para começar”. É que sites de empregos, como o Indeed, por exemplo, anunciaram recentemente que muitas empresas já agregaram nos requisitos para certas profissões um curso básico na área de criptomoedas.

Além dessas instituições, outras universidades americanas que oferecem cursos na área são a Universidade de Princeton (Nova Jérsei) e a Universidade de Stanford (Califórnia). No Brasil, várias faculdades também estão oferecendo seus cursos de inicialização, como a Faculdade de Informática e Administração Paulista (FIAP), em São Paulo, com os cursos “Revolução do Dinheiro e Transações” e “O futuro da Tecnologia Criada pelo Bitcoin”, ambos de carga horária de 6 horas.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Times de futebol vão distribuir NFTs ao longo do Brasileirão; Veja como ganhar

Times de futebol vão distribuir NFTs ao longo do Brasileirão; Veja como ganhar

Atlético-MG, Bahia, Flamengo, Fluminense, Palmeiras, Internacional, São Paulo e Vasco da Gama são times que integram a nova campanha da Chiliz
graficos vermelhos em queda

Investidores sacam R$ 1 bilhão de projeto DeFi da Solana após renúncia de CEO

O fundador da Marginfi anunciou sua renúncia em meio a um turbilhão de controvérsia e desentendimento operacional
Arte digital mostra mãos operando um celular que projeta moedas

O que é restaking? Tendência polêmica do Ethereum agora é mercado de US$ 8 bilhões 

Protocolos de restaking que permitem gerar nova liquidez com tokens já travados na rede são vistos como “risco sistêmico” por Vitalik Buterin, criador do Ethereum