Mãos segurando uma peça acrílica com formato do logo da Ethereum ETH -ao fundo uma cidade
Ethereum irá quase quadruplicar de preço ao longo dos anos, preveem algoritmos (Foto: Shutterstock)

O mundo das criptomoedas viu na última semana um novo padrão de token chamar atenção após seu primeiro ativo, chamado Pandora, disparar 12.000%. Mas mais importante que essa alta, o novo padrão ERC-404 é quem está no centro das discussões.

Pandora, conhecido como o primeiro token padrão ERC-404, é negociado nesta sexta-feira (9) a US$ 32 mil, sendo que uma semana atrás ele custava apenas US$ 250. Com uma oferta de apenas 8 mil tokens, ele já chegou a volumes de US$ 76 milhões nas últimas 24 horas.

Publicidade

Já começaram a surgir outros projetos no padrão ERC-404, como DeFrogs, sendo que alguns até fizeram airdrops para detentores de Pandora – o que pode ter ajudado na alta de preço também, enquanto outros foram lançados em outras blockchains, como Arbitrum e Solana, em uma tentativa de ser o primeiro a avançar em um ecossistema totalmente diferente.

O que é o ERC-404

O ERC-404 é um padrão de token que une outros dois tipos de modelos já conhecidos, o ERC-20 (padrão para emissão de token em Ethereum) e o ERC-721 (para emissão de NFTs). Esse padrão permite que desenvolvedores criem coleções NFTs fracionadas que podem ser livremente negociadas e usadas no mercado aberto.

Por conta desse formato, o ERC-404 tem sido chamado também de “híbrido”, já que une os padrões para tokens fungíveis e não fungíveis. Mas apesar de conter o título de ERC (Ethereum Request for Comments), esse novo modelo ainda não foi aprovado e é tratado como extraoficial.

Quais problemas o padrão ERC-404 resolve?

O principal problema que o ERC-404 busca resolver é o de fracionar NFTs. Na forma como são criados hoje, os NFTs existem individualmente, cada um sendo uma unidade inteira. Mesmo que já existam ativos do tipo fracionados, eles ainda dependem de uma entidade que bloqueia o NFT original em uma carteira e então emite novos tokens que representem as frações.

Publicidade

Agora, o ERC-404, permite que várias carteiras possuam diretamente um único NFT e, no futuro, criem um caso de uso onde essa exposição específica possa ser tokenizada e usada para contrair empréstimos ou participações.

“Todas as soluções anteriores ao ERC-404 tinham muito atrito e geralmente eram uma solução de embalagem que abstraía o NFT original que as pessoas queriam fracionar ou tornar líquido”, disse ctrl, um dos desenvolvedores do Pandora e do ERC-404, ao CoinDesk.

“Os colecionadores odiaram isso e limitou significativamente a adoção. Os ERC-404 têm essas funções por padrão e não dependem de protocolos e soluções confusas de terceiros”, explicou ele.

A equipe criadora do padrão está trabalhando ativamente em uma Proposta de Melhoria Ethereum (EIP) para transformá-lo em um padrão oficial no Ethereum. A questão é que o processo de implementação de uma EIP não é tão simples e pode demorar, segundo os desenvolvedores.

Publicidade

“Nós realmente precisamos ter certeza de que acertamos e abordaremos isso com uma proposta à prova de balas”, disse ctrl.

You May Also Like
Polygon

SoulPrime anuncia migração para Polygon e aprimoramento da experiência do usuário

A SoulPrime está migrando seu token de governança PRT (Prime Token) da blockchain Ethereum para a Polygon
pilha de bitcoin em cima da bandeira da nigeria

Manhã Cripto: Nigéria bloqueia sites de exchanges e FTX pode levantar US$ 1 bilhão com IA

Autoridades da Nigéria bloquearam o acesso a algumas das corretoras na tentativa de frear a forte desvalorização da moeda local
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) estaciona em US$ 52 mil em meio a apostas de novas máximas; Reino Unido quer regular stablecoins em 6 meses

Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) estaciona em US$ 52 mil em meio a apostas de novas máximas; Reino Unido quer regular stablecoins em 6 meses

Bitcoin opera com leve queda na manhã desta terça-feira (20), enquanto o Ethereum teve avanço modesto, ainda abaixo de US$ 3 mil
Presidente do Banco Central da Nigèria, Olayemi Cardoso, posa para foto

Binance é usada para canalizar fundos “ilícitos” e “suspeitos”, diz presidente do BC da Nigéria

Olayemi Cardoso afirmou que a Binance movimentou ano passado US$ 26 bilhões em fundos não rastreáveis