painel físico de promoção do jogo Final Fantasy
Foto: Shutterstock

Enquanto muita atividade de jogos com criptomoedas ocorre nas redes Ethereum e Solana, a Zebedee – empresa que tem entre seus fundadores o brasileiro André Neves – apoiou fortemente o Bitcoin nos últimos dois anos. Agora, a startup levantou um novo fundo que contou com um peso-pesado dos games, a Square Enix, editora de Final Fantasy.

Leia também: Os brasileiros que estão dominando a indústria de criptomoedas no exterior

Publicidade

A Zebedee anunciou hoje uma rodada de financiamento da Série B de US$ 35 milhões liderada pela Kingsway Capital, que inclui a participação da Square Enix e do The Raine Group, além dos atuais investidores da Zebedee, Initial Capital e Lakestar.

Com a ajuda da plataforma da Zebedee, os designers de jogos podem incorporar micropagamentos usando a Lightning Network, que é baseada no Bitcoin. A empresa oferece uma interface de programação de aplicativos (API) para desenvolvedores aplicarem a tecnologia e um aplicativo para os jogadores acessarem seus prêmios em Bitcoin, permitindo que os estúdios de jogos forneçam quantias modestas de BTC como recompensas por jogar, por exemplo.

No início de 2021, a Zebedee lançou servidores exclusivos de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) que permitiam aos jogadores apostar e ganhar prêmios em Bitcoin por participar de partidas online como forma de demonstrar a tecnologia. A startup afirma que o tamanho típico da transação em sua plataforma usa a Lightning Network e envolve apenas US$ 0,08 em BTC.

A Zebedee levantou anteriormente uma rodada da Série A de US$ 11,5 milhões em setembro de 2021, e a empresa disse que até agora arrecadou cerca de US$ 50 milhões no total. A empresa afirmou em um comunicado à imprensa que sua base de usuários cresceu dez vezes desde então.

Quando o Decrypt pediu dados mais específicos sobre a expansão da empresa, um representante da Zebedee respondeu que a empresa não divulga sua contagem de usuários. O porta-voz então foi questionado se havia novos jogos dignos de nota em sua plataforma, e ele mencionou o Bitcoin Miner e o Vestly da Fumb Games, acrescentando que vários de seus aplicativos “têm visto muita interação contínua”.

Publicidade

Quem é a Square Enix?

A Square Enix é uma grande editora de videogames e não está apenas por trás do famoso Final Fantasy, mas também de Kingdom Hearts, Dragon Quest e outras IPs de jogos populares. Há pouco tempo, também, detinha Tomb Raider e Deus Ex, mas vendeu essas franquias e outras – além de três de seus estúdios de jogos – por US$  300 milhões para ajudar a financiar seus empreendimentos na indústria de blockchain.

Um dos produtores de videogames convencionais mais francos em apoio aos benefícios potenciais da tecnologia blockchain é a Square Enix, juntamente com a Ubisoft. Com base em sua série Million Arthur, a desenvolvedora vendeu inicialmente colecionáveis ​​da NFT no Japão em 2021. A empresa também trará seu IP Dungeon Siege para o The Sandbox, um jogo metaverso do Ethereum que patrocinou anteriormente em 2020.

Yosuke Matsuda, presidente da Square Enix, também escreveu favoravelmente sobre as possibilidades de NFTs e o próximo metaverso, uma evolução da Internet 3D suportada por blockchain. Matsuda afirmou em um artigo de janeiro que “permitiremos o crescimento autossustentável dos jogos incorporando economias de token viáveis ​​em nossos jogos”.

Fãs de longa data e jogadores convencionais expressaram descontentamento com os esforços da Square Enix na área de blockchain. Eles se opuseram ativamente às NFTs, observando os efeitos negativos que algumas plataformas têm no meio ambiente, bem como fraudes e outros problemas. A revelação de Zebedee sugere que o ícone japonês dos jogos está simplesmente invadindo o mercado.

Publicidade

*Traduzido por Portal do Bitcoin com autorização do Decrypt.

Quer investir em ativos digitais, mas não sabe por onde começar? O Mercado Bitcoin oferece a melhor e mais segura experiência de negociação para quem está dando os primeiros passos na economia digital. Conheça o MB!

VOCÊ PODE GOSTAR
Mão sugere bater mertelo da justiça- em um fundo escuro o logo Google

Google processa criadores de apps de criptomoedas que enganaram mais de 100 mil usuários

Segundo o Google, os réus contaram várias mentiras para conseguir disponibilizar os aplicativos enganosos no Google Play
logo da uniswap com gráficos ao fundo

A semana no Cripto Twitter: Uniswap na mira da SEC e a febre do Bitcoin Runes

O drama jurídico manteve os usuários cripto nervosos esta semana, enquanto a estreia das memecoins em Bitcoin trouxe alguma empolgação
criptomoedas caindo no fogo

Manhã Cripto: onda vendedora em mercados globais pressiona criptos; OKX lança rede de segunda camada

Expectativa por realização de lucros com a proximidade do halving puxa o Bitcoin, que acaba pressionando as outras criptomoedas
Imagem da matéria: Dogwifhat cai 15% e lidera perdas de memecoins em meio à lentidão da Solana

Dogwifhat cai 15% e lidera perdas de memecoins em meio à lentidão da Solana

As memecoins da Solana caíram da noite para o dia, enquanto os devs correm para consertar os problemas de congestionamento da rede