Imagem da matéria: Criador do Ethereum quer que memecoins ofereçam mais do que apenas especulação
Vitalik Buterin, criador da rede Ethereum, em 2014 (Foto: Flickr)

O cofundador do Ethereum, Vitalik Buterin, delineou uma visão de “soma positiva” para as memecoins, argumentando que a atual safra de criptomoedas inspiradas em memes faz pouco mais do que “subir e descer de preço e não contribuir com nada de valor em seu rastro”.

Em uma postagem recente em seu blog, Buterin argumentou que “muitas pessoas se sentem desconfortáveis” com a atual safra de memecoins, e delineou como os “jogos financeiros” que as sustentam podem ser feitos para apoiar bens públicos e caridades.

Publicidade

Ele criticou uma onda recente de moedas meme “abertamente super-racistas” em blockchains como Solana, acrescentando: “Eu tenho zero entusiasmo por moedas nomeadas após movimentos políticos totalitários, golpes, rugpulls ou qualquer coisa que pareça emocionante no mês N mas deixa todos chateados no mês N+1.”

Buterin parecia estar se referindo a uma série de tokens descaradamente racistas que apareceram em exchanges na semana passada. Existem, por exemplo, tokens chamados “Jews did 9/11” e “NAZI”, que aparecem nas exchanges com uma suástica como seu símbolo de negociação.

“Uma resposta para esse dilema é balançar a cabeça e sinalizar virtude sobre o quanto estamos absolutamente horrorizados e nos opomos a essa estupidez”, disse Buterin. Um passo mais produtivo, ele argumentou, é criar uma versão “mais positiva” do conceito de memecoins.

Buterin imagina moedas meme sendo mais como o GiveWell Inu (que não está mais ativo), que prometeu doar uma parte de seus lucros para a organização Give Well.

Publicidade

Em 2021, Buterin recebeu metade do fornecimento de Shiba Inu (SHIB) de graça dos criadores do projeto. Ele então trocou esses fundos por Ethereum e doou o equivalente a US$ 53 milhões em ETH para a Give Well. Mas o projeto parece não estar mais sendo mantido.

Antecipando que suas ideias possam roubar a diversão dos degens que gostam de apostar em novas memecins, ele sugeriu que os desenvolvedores criem melhores jogos Web3. Ele colocou especificamente o foco na organização 0xPARC, que foi responsável por jogos como Dark Forest e FrogCrypto.

“Eu valorizo o desejo das pessoas de se divertirem”, disse Buterin, acrescentando que “preferiria que o espaço cripto de alguma forma nadasse a favor dessa corrente em vez de contra ela”.

*Traduzido com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin cai 5% para US$ 54 mil com início dos pagamentos da Mt. Gox

Manhã Cripto: Bitcoin cai 5% para US$ 54 mil com início dos pagamentos da Mt. Gox

O preço do Bitcoin chegou a atingir US$ 53.898 após uma carteira da Mt. Gox transferir US$ 2,7 bilhões
Bandeira do Japão com moedas de bitcoin

Empresa japonesa intensifica compra de Bitcoin em meio ao baixo crescimento econômico

A Metaplanet Inc. comprou mais 42 BTC, avaliados em US$ 2,4 milhões, enquanto a economia do Japão enfrenta ventos contrários
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin se estabiliza em US$ 57 mil enquanto governo alemão segue vendendo criptomoedas

Manhã Cripto: Bitcoin se estabiliza em US$ 57 mil enquanto governo alemão segue vendendo criptomoedas

Carteira controlada pelo governo da Alemanha enviou mais de US$ 28 milhões em BTC para corretoras nesta manhã
Arte mostra imagem do espaço mirando a Terra envolta a uma rede de sinais holográficos

Núclea lança rede para tokenização de ativos financeiros

Testes da primeira duplicata tokenizada devem finalizar em julho e o serviço começa a ser ofertado de forma ampla ao mercado em setembro