Vitalik-Buterin-Ethereum
Vitalik Buterin, criador do Ethereum (Foto: Flickr)

O criador do Ethereum, Vitalik Buterin, publicou em seu blog nesta sexta-feira (14) uma demonstração prática de como o popular programa de Inteligência Artificial (AI) ChatGPT pode ajudar a diminuir a barreira entre os profissionais e os amadores na execução de algumas tarefas complexas.

A demonstração por si só pode ser bastante complexa para a maioria das pessoas, mas o ChatGPT também pode ajudá-las a entender.

Publicidade

“(…) Um exercício de uso do ChatGPT 3.5 para fazer coisas estranhas e ver o que acontece”

Vitalik Buterin

Em seu post, Buterin — exercendo o papel de um amador — pede ao ChatGPT que desenvolva um script para realizar cálculos de física complexos, que envolvem a coleta de dados no mundo real e conceitos de distância e tempo em uma grande amostragem de análise.

Parece difícil? Até mesmo a mente brilhante por trás do segundo maior projeto descentralizado do mercado demonstra concordar, já que recorreu à ajuda da inteligência artificial para tanto.

Em um resumo do experimento realizado por Vitalik Buterin, o ChatGPT descreveu:

  • O método ideal para atingir um objetivo definido pelo autor;
  • Como a execução deste método deveria ser realizada;
  • Escreveu o código para que ela fosse possível;
  • Definiu ferramentas complementares úteis (APIs);
  • Forneceu a fonte para coleta destas ferramentas;
  • Auxiliou na correção de alguns pequenos bugs das soluções iniciais.

Desse modo, a ferramenta acabou fornecendo dados para uma análise comparativa da relação entre a distância entre dois pontos e o tempo necessário para cobrir essa distância usando todo e qualquer meio de transporte disponível — andando, carro, ônibus, avião e até mesmo viagens interestelares.

O próprio Vitalik afirmou no blog que o ChatGPT ainda não consegue substituir completamente a presença de um profissional e que, em um certo ponto, seria muito mais eficiente apenas contratar o especialista para entregar a demanda.

Publicidade

De qualquer forma, o criador do Ethereum demonstrou que algo antes impossível para um leigo ou amador agora é parcialmente possível com o auxílio de ferramentas de AI como o ChatGPT.

O que abre portas intrigantes para, por exemplo, a colaboração de leigos, hobistas, entusiastas e investidores de criptomoedas para os códigos, projetos e protocolos open source que criam a base para que eles possam existir — como no Bitcoin ou Ethereum, por exemplo.

Apesar dos avanços potenciais, muitos países parecem determinados a proibir o uso da ferramenta. Enquanto isso, Vitalik Buterin afirma com clareza:

“O ChatGPT parece excepcionalmente bom em me ensinar sobre bibliotecas e APIs das quais nunca ouvi falar, mas que outras pessoas usam o tempo todo; isso reduz a barreira de entrada entre amadores e profissionais, o que parece ser algo muito positivo.”

VOCÊ PODE GOSTAR
Estátua da justiça e martelo de juiz à frente de bandeira do Canadá

Canadá multa Binance em R$ 22,5 milhões por violar as leis de combate à lavagem de dinheiro 

Agência do governo menciona falta de registro e ausência de relatório de transações enquanto corretora operou no país
Imagem por detrás de uma pessoa algemada

Interpol prende hacker que roubou R$ 260 mil da Polícia de Buenos Aires e lavou fundos com USDT

Liderado por um venezuelano, preso nos EUA, o grupo roubou R$ 8 milhões de entidades argentinas através de um malware de origem brasileira
trader segura moeda de bitcoin em frente a grafico em computador

Bolsa de Chicago planeja lançar negociação de Bitcoin à vista, diz jornal

O objetivo é capitalizar a crescente demanda este ano entre os gestores de Wall Street para ganhar exposição ao setor de criptomoedas
martelo de juiz com logo da binance no fundo

Governo dos EUA contrata empresa para monitorar a Binance

A Forensic Risk Alliance venceu a disputa contra a Sullivan & Cromwell, que atuou no caso FTX