Imagem da matéria: Criador do aplicativo CashApp é assassinado nos EUA
Bob Lee, criador do CashApp (Reprodução/MobileCoin)

O executivo de startups de tecnologia Bob Lee, de 43 anos de idade, foi assassinado na madrugada desta quarta-feira (5) no centro de São Francisco, nos EUA.

Lee era um dos fundadores do popular aplicativo de transferências financeiras CashApp, além de ter trabalhado como chefe de tecnologia (CTO) na Block, a empresa de Jack Dorsey, ex-CEO do Twitter, e no desenvolvimento do sistema operacional Android.

Publicidade

Criado em 2013, o CashApp permite que os usuários enviem dinheiro de forma quase instantânea uns aos outros. Ele também oferece uma carteira para Bitcoin, permitindo que os usuários comprem, vendam e enviem a criptomoeda por meio da Lightning Network.

Lee, que tinha o apelido de “Crazy Bob” entre os desenvolvedores de tecnologia, também era investidor, tendo comprado participações em diversas empresas como SpaceX, Clubhouse e Figma.

Atualmente, ele ocupava o posto de diretor na empresa de pagamentos com blockchain MobileCoin.

Segundo a polícia local, ele teria falecido após ter sido encontrado esfaqueado. Lee recebeu assistência médica e foi levado para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos. A polícia da Califórnia está investigando o caso, mas não realizou nenhuma prisão até agora.

A morte de Lee foi confirmada pelo próprio Jack Dorsey na rede social descentralizada Nostr.

Joshua Goldbard, CEO da MobileCoin, enviou a seguinte declaração à ABC7 News: “Bob foi uma força da natureza. Ajudou a criar Android e CashApp em nosso mundo (…) Sentirei falta dele todos os dias.”

Diversos veículos da imprensa americana também confirmaram o assassinato.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Tom Brady é ridicularizado por ligação com FTX em especial da Netflix

Tom Brady é ridicularizado por ligação com FTX em especial da Netflix

Brady e sua ex-esposa, Gisele Bündchen, adquiriram uma participação acionária na falida FTX em 2021
busto de homem engravatado simulando gesto de pare

CVM proíbe corretora de criptomoedas e forex de captar clientes no Brasil

O órgão determinou, sob multa diária de R$ 1 mil, a imediata suspensão de qualquer oferta pública de valores mobiliários pela Xpoken
Imagem da matéria: Bitcoin cai mas analistas ainda acreditam que preço vai chegar a US$ 150 mil este ano

Bitcoin cai mas analistas ainda acreditam que preço vai chegar a US$ 150 mil este ano

A AllianceBernstein concorda com os analistas do Standard Chartered e acredita que o preço do BTC mais que dobrará nos próximos 18 meses
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

ETFs de Bitcoin têm entrada de US$ 303 mi, impulsionados por Fidelity e Grayscale

Os fluxos de entrada de ETFs de Bitcoin à vista nos EUA atingiram uma alta de US$ 303 milhões em duas semanas, já que o preço do Bitcoin ultrapassou US$ 66 mil