Imagem da matéria: Criador da Terra (LUNA) se esquiva da justiça da Coreia do Sul: "Sempre deixei claro que estou em Singapura"
(Foto: Shutterstock)

Do Kwon, empresário criador da Terraforms Labs, entidade por trás da criptomoeda Terra (LUNA) e da stablecoin TerraUSD (UST), afirmou que está vivendo em Singapura desde dezembro passado e que as operações da empresa na Coreia do Sul foram encerradas.

“Sempre deixei claro que estou em Singapura”, disse Kwon no Twitter nesta manhã de sábado (21). Ele explicou que mudou-se para a região por decisão pessoal e há muito planejada e que sempre deixou claro em entrevistas.

Publicidade
https://twitter.com/stablekwon/status/1527982482045382656

Sobre o fechamento do escritório da Terraforms na Coreia do Sul, Kwon disse que a ação já era planejada e que apenas coincidiu com o momento em que passa a empresa.

Na sequência, Kwon afirmou que tanto ele quanto a Terraforms não possuem dívidas fiscais, pois pagaram integralmente todos os tributos que lhes foram informados até então.

“O Serviço Tributário Nacional realizou uma auditoria fiscal em todas as principais empresas de criptomoedas e aplicou o código tributário e como resultado todas as empresas acertaram as contas. Pagamos tudo integralemtne”, afirmou Kwon.

https://twitter.com/stablekwon/status/1527987967662247936

Do Kwon e Terraforms Labs viraram alvo das autoridades sul-coreanas após o colapso da LUNA e do UST. Segundo o site SBS na última quarta-feira (18), o ministério da Justiça da Coreia do Sul reativou uma antiga agência de inteligência, Yeouido Grim Reaper, para cuidar especificamente do caso.

Publicidade

O que aconteceu com Terra (LUNA) e o papel da UST

O sistema que regia o ecossistema Terra funcionava assim: toda vez que UST era comprado, uma quantidade do token LUNA era queimado. Isso fazia a criptomoeda subir de preço. Assim, a Terraform Labs, que tinha uma enorme quantidade de LUNA, ficava cada vez mais rica.

Com esse dinheiro a entidade fazia aportes no protocolo Anchor, um outro ponto crucial do ecossistema. Grande parte do volume de UST estava alocado no protocolo Anchor, que pagava juros de cerca de 20% ao ano para quem mantivesse seus recursos na plataforma – esse dinheiro seria então emprestado, daí a recompensa.

Quando o UST perdeu a paridade com o dólar, parou de ser comprado e os tokens de LUNA começaram a inflacionar – ou seja, perder valor.

O que acontece com o ecossistema da Terra, tanto com LUNA e UST, é que eles prometeram muito mais do que conseguiram entregar.

Publicidade

“A real é que a promessa de 20% sem risco era to good to be true”, disse o trader Daniel Duarte ao Portal do Bitcoin.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 61 mil enquanto GameStop agita mercado e faz memecoin subir 363% 

Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 61 mil enquanto GameStop agita mercado e faz memecoin subir 363% 

A volta do hype da GameStop desencadeou a criação de milhares de memecoins – uma delas saltou 1.900% na tarde passada
solana, criptomoedas,

Este evento vai fazer a Solana atingir US$ 400 este ano, projeta analista

Para analista da Merkle tree, a Solana pode disparar 170% este ano puxado por memecoins ligadas aos candidatos na eleição dos Estados Unidos
hackers em frente a computadores

Exchange de criptomoedas Rain perde US$ 14,8 milhões em ataque hacker

A exchange disse que já tomou as medidas necessárias e que todas as sua atividades estão funcionando normalmente, inclusive saques
busto de homem engravatado simulando gesto de pare

CVM proíbe corretora de criptomoedas e forex de captar clientes no Brasil

O órgão determinou, sob multa diária de R$ 1 mil, a imediata suspensão de qualquer oferta pública de valores mobiliários pela Xpoken