Sam Bankman-Fried SBF CEO da FTX em live no Youtube
Sam Bankman em live no Youtube (Imagem: Reprodução)

Sam Bankman-Fried, o fundador da FTX, que enfrenta oito acusações de fraude criminal do Departamento de Justiça (DoJ), desembarcou no Aeroporto do Condado de Westchester, em Nova York, na noite de quarta-feira (21)após a extradição das Bahamas, de acordo com a ABC News.

Enquanto ele estava voando, o distrito sul de Nova York anunciou que dois dos aliados mais próximos de SBF se voltaram contra ele: o cofundador da FTX, Gary Wang, e a ex-CEO da Alameda Research, Caroline Ellison. Eles garantiram cooperação na investigação e declararam-se culpados das suas próprias acusações.

Publicidade

O Gabinete do Procurador-Geral das Bahamas anunciou a saída programada de Bankman-Fried no Twitter, também na quarta-feira, confirmando as informações de um relatório do dia anterior, que anunciava o avanço do processo de extradição.

Um juiz das Bahamas assinou a ordem para entregar Bankman-Fried às autoridades americanas depois de SBF ter subitamente dispensado, na  segunda-feira (19), seu direito anteriormente exercido de contestar a extradição e disse que, afinal, não lutaria contra uma ordem de extradição.

Evitando um processo que poderia levar anos, Bankman-Fried acelerou sua saída das Bahamas. O agente de correção, Doan Cleare, acredita que ele fez isso para evitar uma estadia prolongada na famosa prisão de Fox Hill, a única prisão nacional da ilha.

Fox Hill tem sido o foco de investigações de direitos humanos devido à sua história de superlotação e condições deploráveis. Cleare descreveu SBF com um “leve bom humor”, mas pronto para “encarar as consequências” nos EUA.

Publicidade

Agora que Bankman-Fried está sob custódia dos EUA, seu julgamento por várias acusações de fraude, lavagem de dinheiro e conspiração pode prosseguir.

Sam Bankman-Fried foi preso pela primeira vez pela polícia das Bahamas em 12 de dezembro, a pedido dos Estados Unidos. Nesse dia, o DoJ apresentou acusações contra o ex-bilionário. Rotulando Bankman-Fried como um “risco de fuga”, um juiz das Bahamas negou fiança e o prendeu em prisão preventiva.

A Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) também apresentou acusações contra ele em 13 de dezembro, acusando-o de violar as disposições Antifraude da Securities Exchange Act de 1933 e 1934.

Bankman-Fried foi acusado de fraude eletrônica, fraude de Valores Mobiliários, conspiração de fraude de Valores Mobiliários e lavagem de dinheiro. Ele, com apenas 30 anos, pode passar o resto da vida em uma prisão federal se for considerado culpado.

Publicidade

A Vice-Reitora da Brooklyn Law School, Miriam Baer, falou com o Decrypt quando Bankman-Fried foi preso e na visão dela: “por conta de termos tanto dinheiro envolvido neste caso—literalmente centenas de milhões de dólares, se não bilhões—a ‘faixa de condenação’ recomendada para SBF sob as Diretrizes de Condenação dos Estados Unidos será extremamente alta—de fato, provavelmente uma pena praticamente perpétua”.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

Participe da comunidade de criptomoedas que mais cresce no Brasil. Clique aqui e venha conversar no Discord com os principais especialistas do país.

VOCÊ PODE GOSTAR
Cauda de baleia sob um mar de moedas de bitcoin

Baleia acorda de sono de uma década para mover R$ 217 milhões em Bitcoin

Carteira recebeu a quantia de 687,33 BTC no dia 12 de janeiro de 2014, quando a cotação do Bitcoin estava em US$ 917
Imagem da matéria: Memecoin que usa nome de Trump rouba R$ 410 mil de investidores

Memecoin que usa nome de Trump rouba R$ 410 mil de investidores

Endereço despejou uma enorme quantidade do token TrumpAI, recebeu R$ 410 mil em WETH e derrubou o preço em 100%
Costas de um policial de Hong Kong

Empresário e filho se entregam à polícia após sequestrarem investidora de criptomoedas

A dupla teria tentado acertar as contas com a mulher de 55 anos que teria intermediado um investimento de cerca de R$ 10 milhões em criptomoedas
Nathalia Arcuri falando em evento

Mercado Bitcoin e Nathalia Arcuri firmam parceria de conteúdo via blockchain

Mercado Bitcoin e Nathalia Arcuri firmam parceria via blockchain e promovem educação financeira de criptoeconomia gratuita