Imagem da matéria: Corretora de criptomoedas erra e paga taxa de US$ 23 milhões ao enviar 100 mil dólares em Tether
Foto: Shutterstock

A exchange de criptomoedas Bitfinex pagou uma enorme taxa de US$ 23,4 milhões (cerca de R$ 125 milhões) para fazer uma única transação na rede do Ethereum (ETH) na manhã desta segunda-feira (27).

De acordo com os dados do Etherscan, a corretora cometeu o erro enquanto tentava transferir US$ 100 mil em Tether (USDT) — um valor 200 vezes menor do que a taxa paga — de uma das suas principais carteiras para um endereço da DeversiFi, uma exchange descentralizada criada a partir da Bitfinex.

Publicidade

A DeversiFi reconheceu o erro assim que o caso veio à tona, mas não explicou o que causou o pagamento de uma taxa tão elevada. 

DeversiFi admite problema interno

“Uma transação de depósito foi feita usando uma carteira de hardware da interface de usuário principal do DeversiFi com uma taxa de gas erroneamente alta. A DeversiFi está investigando a causa para determinar como isso ocorreu e irá mantê-los atualizado”, escreveu a corretora no Twitter.

A equipe da DeversiFi ressaltou ainda que nenhum fundo dos usuários estão em risco por causa da confusão, dizendo que o caso “é um problema interno para o DeversiFi resolver”. 

De acordo com o The Block, a transação foi uma interação de contrato inteligente na qual as criptomoedas que estavam sendo transferidas foram enviadas para um endereço de mediação antes de chegar ao seu destino final, na carteira de DeversiFi. 

Publicidade

Ao compartilhar o caso no Twitter, o analista de criptomoedas Larry Cermak disse que apenas 0,0001% da taxa de quase US$ 24 milhões foi queimada, o que seria equivalente a cerca de US$ 25. 

 “Para aqueles que estão cometendo este erro — nem todas as taxas do Ethereum são queimadas”, disse Cermak ao indicar que o interessante seria descobrir quem foi o minerador responsável por processar essa transação.

Os dados públicos da blockchain apontam que o bloco 13.307.440 que inclui a transação foi minerado por um minerador desconhecido de Ethereum. O Etherscan indica que o usuário anônimo está entre os dez maiores mineradores dos últimos sete dias, responsável por validar 3,1% de todos os blocos de ETH no período.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: O que é o Notcoin? Conheça o jogo baseado em Telegram, o token NOT e os planos futuros

O que é o Notcoin? Conheça o jogo baseado em Telegram, o token NOT e os planos futuros

Notcoin é um jogo baseado no Telegram que nos últimos meses acumulou um total de 35 milhões de jogadores
Joe Biden posa para foto

Biden expulsa mineradora cripto chinesa de área próxima a base militar: “Risco de espionagem”

O governo afirma que a MineOne possui equipamentos especializados de origem estrangeira potencialmente capazes de facilitar atividades de vigilância e espionagem
ilustração do famoso sapo pepe

PEPE salta 19% e bate recorde após boato de listagem na Coinbase e hype da GameStop

As últimas 24 horas foram uma tempestade perfeita para Pepe: Roaring Kitty voltou causando um boom das memecoins, ao mesmo tempo que se espalhou rumores de listagem na Coinbase
busto de homem engravatado simulando gesto de pare

CVM proíbe corretora de criptomoedas e forex de captar clientes no Brasil

O órgão determinou, sob multa diária de R$ 1 mil, a imediata suspensão de qualquer oferta pública de valores mobiliários pela Xpoken