Imagem da matéria: Corretora de criptomoedas de Hong Kong trava saques e vira alvo da polícia
Foto: Shutterstock

Notícias de exchanges em queda continuam chegando, dessa vez de Hong Kong. Trata-se da Coinsuper, que segundo reportagem da Bloomberg tem tudo que o roteiro pede: saques travados, denúncias na polícia, desentendimento com investidores e funcionários se demitindo.

Os relatos de saques travados começaram em novembro do ano passado. O veículo de comunicação entrevistou cinco pessoas com criptomoedas congeladas dentro da plataforma que somam US$ 55 mil.

Publicidade

Por enquanto, pelo menos sete pessoas já registraram queixa na polícia.  As autoridades, em resposta à Bloomberg, confirmaram que estão investigando um caso de uma pessoa que está impossibilitada de fazer saques desde dezembro.

A CEO da empresa é Karen Chen, que foi presidente da UBS China. Além disso, a exchange tem investimentos do popular fundo de hedge Pantera Capital, comandado por Dan Morehead, um veterano do Bitcoin.

O aplicativo da corretora continua funcionando. De acordo a empresa de dados do setor de criptomoedas Nomics, a Coinsuper movimentou US$ 18,5 milhões nas últimas 24 horas. O auge de transações na plataforma foi atingido no final de 2019, quando esse volume chegou a bater US$ 1,3 bilhão.

Funcionários estão deixando a exchange

Para agravar as suspeitas que se formam sobre a legitimidade dos negócios da corretora, registros oficiais de Hong Kong mostram que dezenas de funcionários deixaram a empresa entre julho e dezembro do ano passado.

Publicidade

A reportagem da Bloomberg ressaltou que a Coinsuper vinha respondendo aos seu clientes no grupo oficial de Telegram, mas que há algum tempo parou de dar satisfações e não retornou pedido de entrevista.

O veículo acrescentou ainda que a Pantera Caoutal não retornou o contato, mas um investidor que pediu anonimato revelou que retirou cerca de US$ 1 milhão que tinha no negócio.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Solana sofre congestionamento por operações desenfreadas de bots

Solana sofre congestionamento por operações desenfreadas de bots

Alto número de operações de spam estão fazendo com que a Solana fique mais lenta e que transações não sejam processadas
Imagem da matéria: Investidores de Solana perdem R$ 2,3 milhões após bot de Telegram ser invadido

Investidores de Solana perdem R$ 2,3 milhões após bot de Telegram ser invadido

O Solareum está encerrando suas atividades depois de sofrer uma aparente invasão que drenou carteiras de 300 usuários
Imagem da matéria: Ethena (ENA): Conheça a criptomoeda que acaba de estrear no mercado com alta de 45%

Ethena (ENA): Conheça a criptomoeda que acaba de estrear no mercado com alta de 45%

O token de governança ENA da Ethena Labs, junto do USDe, possuem uma história controversa, mas isso não impediu o apoio de investidores e traders
Imagem da matéria: Notcoin: Jogo cripto do Telegram promete voltar com grandes mudanças após airdrop

Notcoin: Jogo cripto do Telegram promete voltar com grandes mudanças após airdrop

O jogo viral do Telegram, Notcoin, está planejando voltar ao ar após o airdrop de 20 de abril