Imagem da matéria: Corretora Bitcambio e plataforma de tecnologia Blinktrade encerram parceria
Foto: Shuttestock

A corretora de bitcoin Bitcambio vai encerrar nos próximos meses a parceria com a Blinktrade, empresa que fornece tecnologia para sua plataforma. Conforme nota ao Portal do Bitcoin, com o fim do acordo, a exchange deve entregar um novo sistema a partir do próximo ano.

De acordo com a nota, a Bitcambio informa os clientes sobre as mudanças na plataforma que vão ocorrer em várias etapas. Segundo a corretora, primeiramente haverá a migração de dados antigos das contas dos clientes para a nova com “a maior lisura e com o menor impacto possível”.

Publicidade

O objetivo é a realização de testes e comparações necessários. Enquanto isso, a empresa disse que vai operar normalmente nos próximos meses.

Depois desta etapa, corretora vai informar os clientes sobre o período de indisponibilidade para a realização da migração da base de dados atualizada.

A migração, com data e horário ainda não determinados, será conduzida pela corpo técnico da Citar Tech, com suporte da Blinktrade, diz a nota, que acrescenta:

“Garantimos que seja feita em horário que cause o menor impacto possível aos clientes”.

Após esse processo, completou, os acessos realizados através do domínio bitcambio.com.br serão redirecionados para a plataforma.

A empresa também alerta para que os clientes acompanhe suas redes sociais para quaisquer novas informações.

Por fim, a Bitcambio reconheceu a importância da parceria.

“Agradecemos a Blinktrade pelo período de parceria e contribuição na maturação da Citar Tech como negócio e do próprio mercado brasileiro de criptoativos”.

Publicidade

Outros focos

Também por meio de nota à reportagem, a Blinktrade disse que “não há dúvidas de que a Bitcambio poderá atender melhor o anseio de seus clientes tendo uma plataforma mais atualizada, com as moedas do momento, e com muito mais opções que empresa pode oferecer”. 

Conforme explicou, a empresa está focada em outras linhas de negócio e não mais em plataformas centralizadas de negociação de criptoativos.

Afirmou ainda que as últimas atualizações na plataforma foram em agosto de 2018, e como é um mercado em que a inovação é um fator diferencial, e que por isso reconhece que a plataforma não está atualizada. “Não tem suporte a múltiplas moedas, a stablecoins e nem para ethereum e seus milhares de tokens”, diz o texto.

“A Blinktrade considera que já cumpriu seu papel na popularização dos criptoativos não só no Brasil, mas no Chile, Venezuela, Paquistão e também Vietnã, que deverá ser o único país a manter a plataforma da Blinktrade”.

VOCÊ PODE GOSTAR
Moeda do Bitcoin envolta por raios (Lightning Network)

Lightning Labs está trazendo stablecoins para a blockchain do Bitcoin

“Ideia é ter dólares criptografados e stablecoins na blockchain do Bitcoin”, explicou Elizabeth Stark, CEO da Lightning Labs
Imagem da matéria: Bitcoin cai mas analistas ainda acreditam que preço vai chegar a US$ 150 mil este ano

Bitcoin cai mas analistas ainda acreditam que preço vai chegar a US$ 150 mil este ano

A AllianceBernstein concorda com os analistas do Standard Chartered e acredita que o preço do BTC mais que dobrará nos próximos 18 meses
CEO do MB Reinlado Rabelo em evento da CVM na USP

“A Bolsa é sim lugar de startups”, diz CEO do Mercado Bitcoin em evento da CVM

Reinaldo Rabelo participou do evento do “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil”
CEO da Galaxy Digital, Mike Novogratz, em entrevista ao BNN Bloomberg no YouTube

O Bitcoin precisa de uma nova narrativa para voltar a subir, segundo CEO da Galaxy Digital

Mike Novogratz também acredita que o preço do BTC flutue entre US$ 55 mil e US$ 75 mil até que novos eventos ocorram