Steven Ballmer em conferência
Shutterstock

O americano Steven Ballmer, ex-CEO da Microsoft, figura atualmente no top 10 das pessoas mais ricas do mundo com uma fortuna de mais de US$ 100 bilhões. Mas como o ex-assistente de Bill Gates chegou a este patamar é o que mais chama atenção, já que não é comum o funcionário se aproximar tanto da riqueza do patrão. Segundo a Forbes, Bill Gates tinha um patrimônio líquido de US$ 113,4 bilhões dia 3 de novembro de 2023.

“Ao contrário de Elon Musk, Bernard Arnault e Jeff Bezos, que acumulam a sua riqueza principalmente através das empresas que fundaram ou ainda dirigem, Ballmer não é o fundador nem o atual CEO da Microsoft. Mesmo assim, destaca-se pela sua história financeira incomum”, comenta uma publicação do site Infobae sobre o patrimônio do americano.

Publicidade

Ballmer, que assim como Gates tem 67 anos — eles estudaram juntos em Harvard nos anos 70 — soube aproveitar oportunidades, investir e realizar acordos que multiplicaram seu dinheiro.

Para se ter uma ideia, sua fortuna acumulou mais US$ 29 milhões somente neste ano, segundo o site Infobae, com a ascensão da inteligência artificial, o que impulsionou o preço das ações da Microsoft

Aliás, a tese mais comum de como o ex-assistente de Bill Gates se tornou um dos homens mais ricos do mundo vem da sua posição ocupada na Microsoft a partir de 1980, quando negociou um salário base de US$ 50 mil mais 10% dos lucros.

Vale lembrar que o dólar nesta época tinha muito menos poder de compra.

Quando sua participação nos lucros se tornou grande demais, Ballmer aceitou um acordo que o tornou acionista da gigante de tecnologia, explica o Infobae.

Publicidade

Ballmer foi subindo na hierarquia da Microsoft até se tornar CEO da companhia em 2000. 14 anos depois, se aposentou, embolsando 333 milhões de ações, o equivalente a uma participação de 4% na empresa, descreve o site.

A possibilidade mais comum é que tenha mantido suas ações, o que bate com sua fortuna atual, considerando o preço dos papéis da Microsoft (MSFT). Os seus dividendos ao longo dos anos também lhe renderam bilhões de dólares, comenta o site.

Não bastasse, Ballmer ainda é dono do Los Angeles Clippers, time da maior liga de basquete do mundo, a National Basketball Association (NBA), que ele comprou por US$ 2 bilhões ao se aposentar.

Seu investimento cresceu significativamente, já que o valor dos times da NBA saltou nos últimos anos devido ao aumento em contratos de transmissão e acordos de patrocínio.

Publicidade

Em resumo, as fortunas de Ballmer e Bill Gates se separam por cerca de US$ 6 bilhões. Mas esses números mudam todos os dias. De acordo com o ranking da Forbes, Ballmer figura como 10º mais rico do mundo, com uma fortuna avaliada em US$ 106,8 bilhões.

Independentemente da fortuna acumulada, quando Ballmer se aposentou da Microsoft, ele aumentou a sua filantropia, investindo US$ 2 milhões em um fundo com foco em mobilidade econômica.

Em 2022, Ballmer e sua esposa, Connie Snyder, doaram US$ 425 milhões à Universidade de Oregon para criar um instituto que atenda às necessidades de saúde mental e comportamental das crianças do estado.

O americano continua a fazer contribuições importantes. Ele criou o site USAFacts.org, um recurso público para compreender os gastos do governo dos EUA.

VOCÊ PODE GOSTAR
Moeda prateada da Chainlink com reflexo em um fundo roxo

Chainlink sobe 18% ao lançar projeto piloto em Wall Street com JP Morgan, BNY Mellon e DTCC

A DTCC anunciou que acaba de concluir um projeto piloto de tokenização com gigantes de Wall Street, como JP Morgan e BNY Mellon, aproveitando o CCIP da Chainlink
Fazenda de Mineração de criptomoedas Salto del Guairá Paraguai -ANDE

Paraguai usa inteligência artificial para encontrar fazenda ilegal de mineração de Bitcoin

Autoridades apreenderam 176 ASICs em Saltos de Guairá com ajuda de sistema que mede a tensão de redes elétricas
CEO da Galaxy Digital, Mike Novogratz, em entrevista ao BNN Bloomberg no YouTube

O Bitcoin precisa de uma nova narrativa para voltar a subir, segundo CEO da Galaxy Digital

Mike Novogratz também acredita que o preço do BTC flutue entre US$ 55 mil e US$ 75 mil até que novos eventos ocorram
Cachorro Shiba Inu que inspitou Dogecoin

Kabosu, a cachorrinha que inspirou a Dogecoin, falece aos 18 anos

Kabosu sofria de doença crônica e já era muito idosa; segundo sua dona, a cachorrinha “faleceu silenciosamente”