Imagem da matéria: Como  a mineração de bitcoin salvou um hidrelétrica abandonada pelo governo na Costa Rica
Hidrelétricas produzem energia com a força canalizada de rios (Foto: Shutterstock)

Uma hidrelétrica que estava parada após o governo da Costa Rica suspender a compra de energia devido a diminuição da demanda na pandemia, achou uma solução para salvar o seu negócio: minerar Bitcoin.

Conforme mostra reportagem da agência de notícias Reuters, a usina Data Center CR é operada com a força do rio Poas, que fica a 35 quilômetros da capital San Jose. Na hidrelétrica, são 650 máquinas de 150 clientes que operam 24 horas por dia, a semana toda.

Publicidade

Na Costa Rica, a venda de energia elétrica tem monopólio estatal. Durante a pandemia, o governo passou a ter mais oferta que demanda e parou de comprar energia da usina de Poas.

Após 30 anos em operação, a usina ficou parada durante nove meses. Foi então que seu dono, Eduardo Cooper, ouviu falar sobre a mineração de criptomoedas.

“Eu estava bastante descrente no começo, mas nós vimos que este tipo de negócio consome muita energia e nós temos em excesso”, disse o empresário à Reuters.

Cooper investiu US$ 500 mil e transformou a usina numa mineradora. O modelo de negócios se baseia na usina fornecendo a eletricidade, e empreendedores que recorrem à ela para instalar seus rigs de mineração – por lá, são oito contêineres com computadores.

Publicidade

A agência de notícias entrevistou o profissional de Segurança da Informação Maurício Rodriguez, que investiu US$ 7 mil em equipamentos e disse  ser “muito mais lucrativo” instalar o rig na usina já que o custo da sua operação, caiu pela metade.

VOCÊ PODE GOSTAR
Baleia dourada envolto a moedas de bitcoin

Baleia adormecida por 14 anos movimenta R$ 17 milhões em Bitcoin

As transações dos 50 BTCs oriundos da recompensa de bloco em 2010 ocorreram nesta manhã de segunda-feira (15)
Imagem da matéria: Baleias estão mais famintas do que nunca por Bitcoin; Veja por quê

Baleias estão mais famintas do que nunca por Bitcoin; Veja por quê

“Atualmente a demanda de Bitcoin por esse grupo de investidores é a maior de todos os tempos”, diz estudo da CryptoQuant
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) cai para US$ 69 mil e mercado reduz apostas em ETF de Ethereum

Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) cai para US$ 69 mil e mercado reduz apostas em ETF de Ethereum

Quedas resultaram em quase US$ 200 milhões em posições de derivativos alavancadas liquidadas em diversos criptoativos, segundo CoinGlass
Ilustração de moeda gigante de Bitcoin observada por investidores e prestes a ser cortada ao meio

Alta do Bitcoin pode ser retomada após o halving e alvo é US$ 150 mil, diz Bernstein

Analistas reiteraram a previsão de US$ 150 mil para o Bitcoin até o final de 2025