Com alta inflação, Irã corta quatro zeros e dá novo nome a moeda nacional

(Foto: Getty Images)


Falta pouco para o Irã cortar quatro zeros do Rial e tornar a ‘Toman’, moeda já usada de maneira informal pelos moradores, a moeda oficial.

Segundo a agência estatal iraniana Irna, o novo plano econômico foi aprovado pelo parlamento na segunda-feira (04) e necessita apenas de passar pelo Conselho de Guardiões.

O órgão é responsável por garantir que as leis estejam em concordância com a Constituição e com a lei islâmica.

Assim como aconteceu no Brasil na troca do Cruzeiro Real para o Real em 1994 (com corte de três zeros), o Irã também vai manter as duas moedas até a estabilização. Com a troca, ‘50.000 riais’, por exemplo, vai valer apenas ‘5 tomans’.

De acordo com a agência, o Rial e a Toman vão ser usados por dois anos para que a população se acostume e vá fazendo a troca com calma, como foi no Brasil entre 1993 e 1994.

Antes da entrada definitiva do Real, o governo usou a URV (Unidade Real de Valor) que serviu temporariamente de unidade de conta até a substituição definitiva do Cruzeiro Real pelo Real.

“Com base no plano, o processo de alteração da moeda nacional ocorrerá gradualmente”, diz a agência.



Segundo a reportagem, o Banco Central do Irã se compromete a realizar trabalhos preparatórios para a implementação da nova lei dentro de dois anos após a entrada da lei em vigor.

Moeda nova do Irã

De acordo com o Irna, os especialistas acreditam que o corte dos zeros vai prover a redução no custo na cunhagem e na impressão de notas, como também melhorar as tarefas relacionadas à contabilidade.

Sobre o real motivo da mudança de moeda, outro especialista em economia disse à agência que a mudança não tem nada a ver com a taxa de inflação.

Ele acredita que o movimento é um plano neutro, pois não tem nenhum impacto nos valores da moeda e nas mercadorias. No entanto, o especialista acredita que ação vai ajudar a simplificar a tarefa contábil.

Alguns analistas acreditam que a mudança na moeda nacional iraniana terá um impacto positivo psicológico em um período de curto prazo.

Conforme a reportagem, a mudança vai servir também como uma nova oportunidade de adoção de modelos aprimorados para o desenvolvimento econômico.

Irã discutia moeda há 12 anos

Segundo a Época, apesar de ainda necessitar de aprovação do Conselho de Guardiões antes de entrar em vigor, a alteração já é dada como certa.

Destacou também que a visa reduzir os efeitos psicológicos e econômicos causados pelos anos de sucessivas sanções contra o país pelos norte-americanos.

Isso porque, desde 2017, há protestos contra Teerã e sua política econômica, o que fez o governo retomar a ideia de mudança da moeda. A projeto foi pauta no Irã durante 12 anos, diz a Época.

Outro ponto é que desde que Donald Trump tirou os Estados Unidos do acordo nuclear e reinseriu as sanções, o rial perdeu mais de 60% do seu valor de mercado.


BitcoinTrade: Depósitos aprovados em minutos!

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em menos de 5 minutos! Acesse: bitcointrade.com.br