Imagem da matéria: Cinco criptomoedas que desabaram com a queda do Bitcoin
Foto: Shutterstock

A queda recente no preço do bitcoin afetou a maioria das criptomoedas e o mercado global já perdeu cerca de US$ 200 bilhões nas últimas 24 horas, considerando a tarde desta quinta-feira (27) e os dados do Coinmarketcap. No entanto, é normal esse encolhimento do mercado depois de altas significativas, principalmente da maior cripto do mercado.

Há exatamente uma semana, o bticoin chegou a seu recorde de preço, batendo US$ 66,8 mil, e a performance embalou também o preço de vários ativos. Contudo, quando chega sua, o evento leva junto as altcoins. Veja quais são as criptomoedas do top 100 do mercado global que mais desabaram nas últimas 24 horas. 

Publicidade

Celo (CELO)

A Celo (CELO), que há cerca de um mês bateu sua alta história, chegando a US$ 7,80, vê uma queda de rodeia a cada dos 15% nesta tarde de quinta. Mais cedo, no entanto, o ‘prejuízo’ tinha sido maior, quando na madrugada desabou para US$ 6,10. No momento do texto, a altcoin é negociada a US$ 6,44.

Terra (LUNA)

A LUNA vinha embalada desde meados de julho deste ano, quando alcançou seus maiores níveis desde o seu lançamento há pouco mais de dois anos e no último dia 3, bateu seu recorde de preço quando foi negociada em US$ 46,72. No momento do texto, a LUNA está em queda de 12,5% no gráfico de 24 horas e segue com o preço estável em cerca de US$ 40.

Internet Computer (ICP)

A ICP, altcoin que surpreendeu geral quando lançada no começo do ano, também enfrenta uma queda que bate à casa dos 15%. A Internet Computer é negociada nesta tarde de quinta na faixa dos US$ 40. Este preço, contudo, está muito longe de sua alta histórica em maio deste, quando atingiu expressivos US$ 700, chegando ao top 10 do mercado global.

Tezos (XTZ)

Na mesma faixa de queda de 15% está a Tezos (XTZ), que também figura entre as criptos que mais se desvalorizaram de ontem para hoje. No momento do texto, o token XTZ, um dos mais antigos do mercado, é negociado em US$ 6, pouco mais de um dólar abaixo do preço de quarta (26). Com exceção ao mês de maio de 2018, quando a altcoin quase viu o fundo do poço ao cair para US$ 0,34, a Tezos está apenas 40% abaixo de sua alta histórica em 2017 que foi de US$ 10,56.

Publicidade

VeChain (VET)

A VeChain, outra criptomoeda antiga do mercado, está com uma queda de 13% nas últimas 24 horas e no momento do texto é negociada em US$ 0,12. Seu recorde histórico foi atingido em abril deste ano, quando bateu US$ 0,25. Para os detentores da VET que compraram a cripto em 2018 as manteve, o ganho é bastante indicativo, já que na época a moeda valia apenas US$ 0,007.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Worldcoin lança blockchain própria onde "humanos verificados têm prioridade"

Worldcoin lança blockchain própria onde “humanos verificados têm prioridade”

Usando tecnologia da Optimism, a World Chain será uma rede dedicada e que preserva a privacidade dos usuários da Worldcoin
Imagem da matéria: Queda do Bitcoin gera onda de liquidação de US$ 255 milhões antes do halving

Queda do Bitcoin gera onda de liquidação de US$ 255 milhões antes do halving

O preço do Bitcoin se estabilizou desde ontem, mas deixou um rastro de liquidações de US$ 255 milhões pelo caminho
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) cai para US$ 69 mil e mercado reduz apostas em ETF de Ethereum

Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) cai para US$ 69 mil e mercado reduz apostas em ETF de Ethereum

Quedas resultaram em quase US$ 200 milhões em posições de derivativos alavancadas liquidadas em diversos criptoativos, segundo CoinGlass
Imagem da matéria: Festa secreta em São Paulo agita a agenda do halving do Bitcoin

Festa secreta em São Paulo agita a agenda do halving do Bitcoin

O evento acontece no sábado (20) em São Paulo; veja como participar