Imagem da matéria: China testará novo recurso para facilitar transações de sua moeda digital
Yuan Digital (Foto: Shutterstock)

A ambiciosa moeda digital da China será usada para transferências entre dois telefones celulares usando um simples recurso “toque” nesta sexta-feira, publicou hoje o jornal local Nikkei Asia. Os testes visam expandir os casos de uso da moeda digital de meros pagamentos de varejo para um ecossistema mais amplo.

O yuan digital da China, oficialmente chamado de Digital Currency Electronic Payment (DCEP), é a moeda digital apoiada pelo governo do país, teoricamente lastreada pelo Yuan e supervisionada pelo Banco Central da China.

Publicidade

Mais de 1.000 pessoas participarão dos testes que acontecerão na cidade de Suzhou, uma cidade turística perto de Xangai. Os usuários escolhidos para o teste receberão uma quantidade do yuan digital e “tocarão” seus smartphones uns com os outros para transferir dinheiro – para, supostamente, reproduzir a experiência de dar dinheiro em um ambiente tradicional.

A gigante chinesa de telecomunicações Huawei fornecerá os telefones para o teste. Ela se junta a outras empresas locais, como o serviço de compartilhamento de caronas DiDi, nos testes, que viram o governo fazer parceria com empresas privadas para desenvolver e integrar o yuan digital em seus próprios aplicativos.

No total, 100.000 pessoas em Suzhou receberão 200 yuans (R$ 160) cada e serão solicitadas a comprar itens em lojas de varejo na cidade. Enquanto isso, o varejista eletrônico JD.com também pode se tornar a primeira plataforma online a aceitar a moeda digital, disse o relatório.

Escolher sexta-feira – ou seja, 12 de dezembro – para os testes também não é uma seleção aleatória. A data é um evento de compras chinês chamado “Double 12”, no qual varejistas eletrônicos, lojas de varejo e outras empresas oferecem descontos para estimular a compra. Isso significa um período agitado para as redes de pagamento, criando um ambiente perfeito para que as autoridades verifiquem se o yuan digital funciona bem em um período agitado.

Publicidade

Os testes de Suzhou são parte de um ensaio mais amplo executado em 28 grandes cidades, que por sua vez é parte da mudança da China para um ecossistema financeiro totalmente digital. O país marcou 2022 para a implantação em grande escala de seu novo sistema financeiro.

E até agora os resultados têm sido promissores.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co
VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin sobe acima de US$ 58 mil à medida que ETFs voltam a atrair investidores

Manhã Cripto: Bitcoin sobe acima de US$ 58 mil à medida que ETFs voltam a atrair investidores

Os ETFs de Bitcoin à vista negociados nos EUA captaram US$ 654,3 milhões entre os dias 5 e 9 de julho
Mão segurando celular com logo da Toncoin e no fundo ícones do Telegram

Rede TON do Telegram vai se conectar ao Ethereum via blockchain de segunda camada

Em meio ao boom dos jogos do Telegram, The Open Network está pronta para lançar uma camada 2 compatível com Ethereum em colaboração com a Polygon
Imagem da matéria: BitMEX se declara culpada de violar lei de sigilo bancário nos EUA

BitMEX se declara culpada de violar lei de sigilo bancário nos EUA

O Departamento de Justiça dos EUA disse que a BitMEX se envolveu em “evasão intencional” das leis combate à lavagem de dinheiro
Imagem da matéria: Ex-executivos da FTX receberão sentença até novembro

Ex-executivos da FTX receberão sentença até novembro

O diretor de engenharia, Nishad Singh, receberá a pena no dia 30 de outubro, e o CTO, Gary Wang, no dia 20 de novembro