Imagem da matéria: China testará novo recurso para facilitar transações de sua moeda digital
Yuan Digital (Foto: Shutterstock)

A ambiciosa moeda digital da China será usada para transferências entre dois telefones celulares usando um simples recurso “toque” nesta sexta-feira, publicou hoje o jornal local Nikkei Asia. Os testes visam expandir os casos de uso da moeda digital de meros pagamentos de varejo para um ecossistema mais amplo.

O yuan digital da China, oficialmente chamado de Digital Currency Electronic Payment (DCEP), é a moeda digital apoiada pelo governo do país, teoricamente lastreada pelo Yuan e supervisionada pelo Banco Central da China.

Publicidade

Mais de 1.000 pessoas participarão dos testes que acontecerão na cidade de Suzhou, uma cidade turística perto de Xangai. Os usuários escolhidos para o teste receberão uma quantidade do yuan digital e “tocarão” seus smartphones uns com os outros para transferir dinheiro – para, supostamente, reproduzir a experiência de dar dinheiro em um ambiente tradicional.

A gigante chinesa de telecomunicações Huawei fornecerá os telefones para o teste. Ela se junta a outras empresas locais, como o serviço de compartilhamento de caronas DiDi, nos testes, que viram o governo fazer parceria com empresas privadas para desenvolver e integrar o yuan digital em seus próprios aplicativos.

No total, 100.000 pessoas em Suzhou receberão 200 yuans (R$ 160) cada e serão solicitadas a comprar itens em lojas de varejo na cidade. Enquanto isso, o varejista eletrônico JD.com também pode se tornar a primeira plataforma online a aceitar a moeda digital, disse o relatório.

Escolher sexta-feira – ou seja, 12 de dezembro – para os testes também não é uma seleção aleatória. A data é um evento de compras chinês chamado “Double 12”, no qual varejistas eletrônicos, lojas de varejo e outras empresas oferecem descontos para estimular a compra. Isso significa um período agitado para as redes de pagamento, criando um ambiente perfeito para que as autoridades verifiquem se o yuan digital funciona bem em um período agitado.

Publicidade

Os testes de Suzhou são parte de um ensaio mais amplo executado em 28 grandes cidades, que por sua vez é parte da mudança da China para um ecossistema financeiro totalmente digital. O país marcou 2022 para a implantação em grande escala de seu novo sistema financeiro.

E até agora os resultados têm sido promissores.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co
VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Bitcoin, Ethereum e Solana desabam e R$ 1 bilhão são liquidados do mercado em uma hora

Bitcoin, Ethereum e Solana desabam e R$ 1 bilhão são liquidados do mercado em uma hora

O Bitcoin começou o dia cotado a US$ 71 mil; agora, seu preço desaba para a US$ 66 mil
Imagem da matéria: Dogwifhat cai 15% e lidera perdas de memecoins em meio à lentidão da Solana

Dogwifhat cai 15% e lidera perdas de memecoins em meio à lentidão da Solana

As memecoins da Solana caíram da noite para o dia, enquanto os devs correm para consertar os problemas de congestionamento da rede
Placa com o logotipo da b3

B3 começa a negociar contrato futuro de Bitcoin nesta quarta-feira

Contrato futuro de Bitcoin será equivalente a 100 do valor da criptomoeda em reais e terá vencimento mensal, informou a Bolsa de Valores
Uniswap, venture, criptomoedas, investimentos, web3

Manhã Cripto: Token da Uniswap despenca 17% após alerta de processo da SEC e Bitcoin recupera os US$ 70 mil

CEO da Uniswap, Hayden Adams, disse não estar surpreso, “apenas irritado, desapontado e pronto para lutar”