Pilha de moedas de bitcoin à frente de uma tela que mostra logo da Celsius
Shutterstock

A Celsius Network, a empresa de empréstimos de criptomoedas que colapsou, está a caminho de sair da falência depois que um juiz aprovou seu plano de reembolso aos clientes em um tribunal de falências em Delaware na quinta-feira (9).

O plano, apresentado ao tribunal de falências em 2 de outubro, previa a criação de uma nova entidade com US$ 450 milhões em financiamento inicial. Chamada de NewCo, ela se concentrará na mineração e staking de Bitcoin, sendo de propriedade dos clientes e credores que antes foram prejudicados pela Celsius.

Publicidade

A Celsius, sob a gestão do ex-CEO e cofundador Alex Mashinsky, colapsou junto com várias empresas de criptomoedas de destaque no verão passado, à medida que os preços das criptomoedas despencaram. Em outubro de 2021, a empresa falida tinha US$ 25 bilhões em ativos sob gestão.

Daqui para frente, a empresa será gerenciada pelo Fahrenheit Group, um consórcio que venceu a licitação para adquirir a Celsius em maio. A NewCo planeja se tornar uma empresa de capital aberto listada na Nasdaq, visando “maximizar a liquidez” para os credores, de acordo com um arquivamento.

O plano aprovado também inclui uma distribuição de “pelo menos US$ 2,03 bilhões” em criptomoedas para os credores. Após perderem o controle de suas contas e criptomoedas por mais de um ano, os advogados da Celsius indicaram que os clientes poderiam ver os reembolsos no início do próximo ano, segundo a Bloomberg News.

Em julho, Mashinsky foi alvo de uma série de acusações criminais e ações judiciais civis por sua conduta à frente da Celsius. O Departamento de Justiça, a Comissão de Valores Mobiliários (SEC), a Comissão de Negociação de Futuros de Commodities e a Comissão Federal de Comércio tomaram medidas.

Publicidade

Os procuradores federais prenderam e acusaram Mashinsky de fraude, acusando o ex-CEO de orquestrar “um esquema para inflar o preço do token proprietário da Celsius, o CEL”, junto com Roni Cohen-Pavon, diretor de receitas da empresa, e outros funcionários.

Antes da aprovação do plano, o CEL subiu para US$ 0,25 na quarta-feira. No entanto, o token desde então caiu para US$ 0,23, uma queda de 7% nas últimas 24 horas, segundo o CoinGecko.

O juiz de falências dos EUA, Martin Glenn, aprovou o plano sem determinar se os ativos digitais pertencentes aos credores da Celsius são valores mobiliários ou commodities. No entanto, ele indicou que a Comissão de Valores Mobiliários (SEC) poderia contestar as transações.

“Nada nesta ordem de confirmação […] constitui uma conclusão sob as leis federais de valores mobiliários sobre se os tokens ou transações envolvendo tokens são valores mobiliários”, disse ele. “O direito da [SEC] de contestar transações envolvendo tokens por qualquer motivo é expressamente reservado”, disse.

*Traduzido com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Como saber o dia e hora que vai acontecer o halving do Bitcoin?

Como saber o dia e hora que vai acontecer o halving do Bitcoin?

O halving, que ocorre a cada 210 mil blocos do Bitcoin, está previsto para acontecer em abril, mas o momento exato segue mudando; entenda
Imagem da matéria: Correlação entre Bitcoin e Ether está prestes a passar por "cruz da morte"; entenda os efeitos

Correlação entre Bitcoin e Ether está prestes a passar por “cruz da morte”; entenda os efeitos

A “cruz da morte” poderá frear os avanços do Ethereum e demais altcoins
moeda de bitcoin e ethereum com gráfico ao fundo

Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) supera US$ 72 mil com halving cada vez mais próximo; ETH dispara 6%

É a primeira vez que o Bitcoin bate a marca de US$ 72 mil desde meados de março
Imagem da matéria: Entenda os planos do governo para mudar a tributação de criptomoedas no Brasil

Entenda os planos do governo para mudar a tributação de criptomoedas no Brasil

Caso a lei seja aprovada, os ganhos com criptomoedas serão tributados por meio do sistema de alíquota de renda variável