Imagem da matéria: Carteira adormecida movimenta Bitcoins comprados por US$ 16
Foto: Shutterstock

Bitcoins comprados em 2011 voltaram à vida na quinta-feira (12) quando 139 unidades pertencentes ao endereço 1H1Ab6 foram transferidos para um endereço Segwit recém-criado.

O proprietário, que manteve os Bitcoins por quase doze anos, comprou as moedas em junho de 2011 por pouco mais de US$2.250 dólares — US$ 3,5 milhões de dólares no preço atual do ativo.

Publicidade

Essas moedas pertencem ao que é conhecido como ‘fornecimento antigo’, que se refere a Bitcoins comprados/minerados há pelo menos 7 anos, embora alguns analistas usem 5 anos como data base.

Este ano tem visto uma quantidade significativa de movimentações de endereços muito antigos. Um relatório da casa de análises Glassnode calcula que 3.200 BTCs voltaram à ativa, dos quais 1.100 são anteriores a 2013.

Bitcoin da era de Satoshi

Um caso recente, que despertou a curiosidade do mercado, foi o de uma carteira muito antiga — criada em outubro de 2010, quando o preço do ativo era de inacreditáveis US$ 0,19 — que vendeu 429 Bitcoins em março do ano passado. Um ano depois, em fevereiro de 2023, outro endereço da era Satoshi Nakamoto transferiu 412 Bitcoins no valor de US$ 9,6 milhões de dólares após mais de uma década.

É difícil dizer se as convicções desses proprietários mudaram e se esses movimentos estão relacionados à venda das moedas ou simplesmente a práticas pessoais de custódia. Dada a natureza pseudônima do Bitcoin, talvez nunca saibamos realmente a quem pertencem essas moedas antigas ou o que estão fazendo com elas — especialmente quando se trata do tesouro de Satoshi, que pode representar 5% do suprimento total das moedas existentes no mercado.

Publicidade

Apesar da movimentação de ontem e dos gastos esporádicos da era Satoshi, muitos consideram a maioria do suprimento antigo do Bitcoin — 4,25 milhões de unidades dos quais apenas 356.000 movimentados — como perdida para sempre.

*Traduzido e editável com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Bitcoin entra em onda de alta e atinge o seu maior preço desde o halving

Bitcoin entra em onda de alta e atinge o seu maior preço desde o halving

Dados do CoinGecko mostram que o Bitcoin subiu cerca de 3% no último dia e no período de uma semana valorizou em 9%
Imagem da matéria: Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Ao todo, vítima gastou quase R$ 5 milhões nos pagamentos: além do envio de Bitcoin, foram 40 depósitos bancários
moeda de Bitcoin ao lado de letreiro com ETF

Estado dos EUA investe R$ 510 milhões em ETF de Bitcoin da BlackRock

O investimento foi confirmado hoje pelo Conselho de Investimentos do Estado de Wisconsin (SWIB)
Anic de Almeida Peixoto Herdy é casada com herdeiro da Unigranrio

Herdeira é sequestrada em Petrópolis e criminosos exigem resgate em Bitcoin

Técnico de informática amigo do casal conversou com sequestradores por entender de criptomoedas e foi preso por suspeita de envolvimento