Imagem da matéria: Brasileiro é preso em aeroporto na Holanda com 15 quilos de ouro
Peso de uma das barras do metal preciso (Foto: Shutterstock)

Um brasileiro de 27 anos foi preso e acusado de lavagem de dinheiro depois que foi pego transportando cerca de 15 quilos de ouro no Aeroporto Schiphol, em Amsterdã, capital da Holanda.

Segundo o site local AT5, o metal precioso foi achado durante a habitual inspeção de cabines. Na abordagem, o suspeito não soube explicar a origem das 6 barras de ouro e acabou sendo detido pela equipe de segurança do aeroporto.

Publicidade

A polícia do aeroporto, que é formada por agentes federais, Receita e Ministério Público da Holanda, apreenderam então as barras de ouro, um telefone celular e US$ 750 (cerca de R$3.500).

De acordo com a reportagem, a prisão aconteceu no mês passado, mas o caso só foi revelado na sexta-feira (06). A identidade do brasileiro não foi revelada.

Conforme a publicação, o brasileiro embarcou do Rio de Janeiro com destino ao Aeroporto Schiphol, na capital Amsterdã. O destino, contudo, era Hong Kong, na China.

O caso está sendo investigado pelo Serviço de Investigação e Informação Fiscal da Holanda (FIOD), que é uma agência do governo.

Publicidade

BitcoinTrade: Depósitos aprovados em minutos!

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em menos de 5 minutos! Acesse: bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
martelo de juiz com logo da binance no fundo

Governo dos EUA contrata empresa para monitorar a Binance

A Forensic Risk Alliance venceu a disputa contra a Sullivan & Cromwell, que atuou no caso FTX
trader segura moeda de bitcoin em frente a grafico em computador

Bolsa de Chicago planeja lançar negociação de Bitcoin à vista, diz jornal

O objetivo é capitalizar a crescente demanda este ano entre os gestores de Wall Street para ganhar exposição ao setor de criptomoedas
dupla de homens sendo presa

Irmãos são presos por roubo de R$ 130 milhões em ataque de 12 segundos na rede Ethereum

O procurador americano Damian Williams disse que “este suposto esquema era novo e nunca havia sido acusado antes”
Moeda prateada da Chainlink com reflexo em um fundo roxo

Chainlink sobe 18% ao lançar projeto piloto em Wall Street com JP Morgan, BNY Mellon e DTCC

A DTCC anunciou que acaba de concluir um projeto piloto de tokenização com gigantes de Wall Street, como JP Morgan e BNY Mellon, aproveitando o CCIP da Chainlink