Imagem da matéria: Bolsa de Valores de Londres planeja usar blockchain na negociação de ativos financeiros tradicionais
Foto: Shutterstock

A London Stock Exchange (LSE), maior bolsa de valores da Europa, anunciou nesta semana os planos de se tornar a primeira grande bolsa de valores a usar a tecnologia blockchain para oferecer uma extensa gama de negociações de ativos financeiros tradicionais. As informações são do jornal britânico Financial Times.

Ao anunciar a novidade, a bolsa de valores de Londres ressaltou que ainda não existe um plano de trabalhar com criptoativos em si, apenas de usar a tecnologia de registros que ficou famosa com o surgimento do Bitcoin. Na visão da empresa, a blockchain tem potencial de trazer eficiência na compra, venda e manutenção de ativos tradicionais.

Publicidade

Murray Roos, o diretor de mercados de capitais da LSE, disse ao Financial Times que o grupo examinava o uso da tecnologia blockchain nos seus negócios há cerca de um ano, até decidir que fazia sentido seguir adiante com os planos.

“A ideia é usar a tecnologia digital para tornar um processo mais ágil, suave, barato, transparente e regulamentado”, disse Roos, que ressalta que os novos serviços não serão concorrentes dos negócios tradicionais da LSE.

“Estamos muito comprometidos com os mercados de ações de Londres. O que estamos buscando fazer é continuar a fazer o que Londres sempre fez e continuar a inovar”, acrescentou.

Os benefícios da blockchain

Para exemplificar como o uso da tecnologia blockchain pode facilitar a negociação de ativos financeiros tradicionais, Roos citou uma transação envolvendo um comprador suíço, um ativo japonês e um vendedor americano. Para o executivo, seria “muito difícil” fazer isso apenas com uma tecnologia mais antiga, sendo que essa negociação poderia ser facilmente realizada através da blockchain.

Publicidade

O objetivo da LSE é ter o primeiro mercado em funcionamento na blockchain já no próximo ano, sujeito à aprovação dos reguladores, que já estão sendo consultados pela empresa.

VOCÊ PODE GOSTAR
Uniswap, venture, criptomoedas, investimentos, web3

Manhã Cripto: Token da Uniswap despenca 17% após alerta de processo da SEC e Bitcoin recupera os US$ 70 mil

CEO da Uniswap, Hayden Adams, disse não estar surpreso, “apenas irritado, desapontado e pronto para lutar”
Do Kwon, criador da Terra (LUNA) olhando assustado para a câmera.

Criador da LUNA é considerado responsável por fraude em julgamento nos EUA

Os reguladores dos EUA prevaleceram com a acusação de que Do Kwon enganou milhares de investidores com o ecossistema Terra (LUNA)
Imagem da matéria: CEO da Binance afirma que está considerando "algumas jurisdições" para a sede global

CEO da Binance afirma que está considerando “algumas jurisdições” para a sede global

“Quais são as jurisdições que têm regulamentações que podem atender ao nosso conjunto de produtos?”, questiona Richard Teng
Imagem da matéria: STF autoriza extradição de belga preso no Brasil por operar pirâmide com criptomoedas

STF autoriza extradição de belga preso no Brasil por operar pirâmide com criptomoedas

De acordo com as investigações, a pirâmide criada pelo belga prejudicou milhares de investidores em diversos países europeus