Mulher ao celular
Shutterstock

Clientes da BitPreço passam a contar com o Bix, um serviço que permite a confirmação das transações de criptomoedas via Pix, diretamente do aplicativo bancário, sem que seja necessário criar uma ordem de compra no livro de ordens da plataforma. Esse era um recurso exclusivo da exchange brasileira Biscoint, empresa adquirida em julho deste ano pela BitPreço, que agora incorpora a funcionalidade.  

O Bix foi criado pela Biscoint para facilitar o processo de compra de Bitcoins, utilizando o Pix – hoje um dos meios de pagamentos preferidos dos brasileiros. Embora a grande maioria das exchanges em operação no Brasil aceite transações via Pix, após realizar a transferência de seu banco, os usuários precisam criar a ordem de compra através das plataformas de negociação de criptomoedas. 

Publicidade

“O Bix poupa o usuário de entrar no aplicativo da corretora. Uma grande novidade é que, com sua incorporação à BitPreço, o serviço estará disponível para a aquisição das 21 criptomoedas disponíveis atualmente na plataforma. Antes, eleera exclusivo para compra de Bitcoins, sem contemplar outras criptomoedas”, afirma Ney Pimenta, fundador e CEO da BitPreço. 

Para utilizar o Bix, os usuários devem realizar uma transferência via Pix para a plataforma do marketplace, acrescentando no campo de comentários da transação a hashtag #Bixcom o nome da moeda que deseja comprar, conforme a orientação da Central de Ajuda. Após a transferência ser registrada na conta do cliente, a ordem de compra é executada automaticamente, sem que o usuário precise entrar na plataforma para confirmar a transação.  

Os valores mínimos variam de acordo com a criptomoeda. Para o Bitcoin, por exemplo, o mínimo de compra na cotação de agora é de R$1,22 (0,00001 BTC a R$122.278).  Os detalhes estão também na Central de Ajuda. 

A Biscoint é a primeira aquisição integral feita pela BitPreço, que, em 2020, chegou a comprar 33% do AlterBank, adquirido posteriormente pela Meliuz. A transação é um importante passo na estratégia de expansão de negócios do marketplace, que pretende triplicar de tamanho nos próximos três anos, apoiada em crescimento orgânico, possíveis novas aquisições e novos produtos. “O Bix é apenas um dos serviços que embarcarão na plataforma da BitPreço. Um dos focos será o lançamento, em breve, do Criptobanco”, comenta Ney Pimenta.

VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração de bandeira do Brasil dentro moeda de Bitcoin

Novo estudo do LAPIN apresenta melhores práticas para regulação de criptomoedas no Brasil

White paper feito pelo LAPIN com apoio da Ripple traz diversos pontos e dados para ajudar na regulação do setor de criptomoedas brasileiro
várias criptomoedas stablecoins sob uma mesa

Menos de 10% das transações com stablecoins são de usuários reais, diz Visa

Dados da Visa mostram que mais de 90% das transações com stablecoins foram feitas por robôs ou traders de grande escala
Imagem da matéria: Entendendo as tecnologias por trás da tokenização de ativos | Opinião

Entendendo as tecnologias por trás da tokenização de ativos | Opinião

Apesar de chamara cada vez mais atenção, muitas pessoas ainda não sabem o que é a tokenização de ativos e como ela funciona
Bitcoin em gráfico de alta com seta azul apontado para o alto

Traders esperam que Bitcoin supere a máxima de US$ 74 mil em breve

“Esperamos um impulso de alta aqui que pode nos levar de volta às máximas de US$ 74 mil”, disse a QCP Capital sobre o momento do Bitcoin