Imagem da matéria: Bitcoin volta aos US$ 50 mil após dia de alta
Foto: Shutterstock

O bitcoin deu um salto de 5% durante no início deste domingo e voltou a ser negociado acima dos US$ 50 mil. No Brasil, a criptomoeda é negociada a R$ 285 mil.

Apesar da extrema volatilidade do Bitcoin nos últimos dias, um gráfico compartilhado pela Glassnode revela que os novos compradores não entraram em pânico nas vendas durante a correção, indicando uma confiança crescente nas perspectivas de longo prazo da moeda.

Publicidade

E neste fim de semana, os investidores tiveram sua confiança restaurada quando a MicroStrategy continuou sua onda de compra de Bitcoin, apesar da queda nos preços das ações, comprando mais US$ 10 milhões e levando suas participações BTC para US$ 4,4 bilhões.

DeFi em alta

O resto do mercado de criptomoedas também opera em alta. O Ethereum aumentou quase 7% em relação a ontem. A US$ 1.667, ainda é 17% abaixo em relação ao ATH de mais de US$ 2 mil de apenas quinze dias atrás. A empolgação com a próxima atualização do EIP-1559 pode ser um dos fatores que mantêm seu preço em alta. Ele negocia 20% a mais do que no fim de semana passado.

E as moedas de finanças descentralizadas (DeFi) também estão em alta. O UNI da Uniswap observou o maior crescimento nas 10 principais moedas por capitalização de mercado. O token nativo das maiores bolsas de finanças descentralizadas do mundo cresceu mais de 12% da noite para o dia, sendo negociado a US$ 31,41. Isso representa um crescimento de 40% em sete dias.

Enquanto isso, a moeda que alimenta o protocolo de empréstimo descentralizado AAVE também apresentou crescimento semelhante. O token de Aave cresceu 10% durante a noite para ser negociada a um preço de US$ 404,95. Isso ainda está quase 30% abaixo de seu recorde histórico de US$ 559,12 no mês passado.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co
VOCÊ PODE GOSTAR
Brad Garlinghouse, CEO da Ripple , posa para foto

Mercado de criptomoedas vai valer US$ 5 trilhões até final do ano, prevê CEO da Ripple

Brad Garlinghouse justifica seu otimismo pelo halving do Bitcoin e um possível impulso regulatório positivo do mercado cripto nos EUA
Pai Rico Pai Pobre Robert Kiyosaki posa para foto

Autor de “Pai Rico, Pai Pobre” explica por que não vai comprar ETF de Bitcoin

Robert Kiyosaki defende há anos Bitcoin, ouro e prata como as maiores reservas de valor
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) cai para US$ 69 mil e mercado reduz apostas em ETF de Ethereum

Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) cai para US$ 69 mil e mercado reduz apostas em ETF de Ethereum

Quedas resultaram em quase US$ 200 milhões em posições de derivativos alavancadas liquidadas em diversos criptoativos, segundo CoinGlass
Equipamento de mineração com CPU em uma mesa de escritório com sinal luminoso do Bitcoin atrás

Dificuldade de mineração do Bitcoin bate recorde em último ajuste antes do halving

Recorde significa que mineradores estão correndo para garantir a recompensa de 6,25 BTC por bloco antes do halving