Imagem da matéria: Bitcoin tenta se recuperar e Ethereum atinge menor preço dos últimos nove meses

Após ter voltado aos US$ 6.000 no sábado (11), o bitcoin operou em alta chegando aos US$ 6.500 no domingo (12). Nesta segunda, a criptomoeda voltou a operar em queda e é negociada próxima dos US$ 6.200 nas principais bolsas de criptomoedas internacionais.

No Brasil, de acordo com o Índice de Preço do Bitcoin (IPB), a cotação opera em queda de -2,13% (R$ -540,65) no dia. Até o momento, o mês de agosto está com um acumulado de -15%. O segundo semestre também está em queda de -12%.

Publicidade
Gráfico do IPB

O Bitcoin tem sido a única criptomoeda no mercado que vem mostrando alguma estabilidade, dado que as outras criptomoedas estão em uma queda muito superior desde fevereiro.

O BTC, inclusive, atingiu seu maior market share de 2018, alcançando 52,6%, o que evidencia sua força diante das outras criptomoedas além de ser um sinal de que os investidores estão provavelmente tirando seu dinheiro de criptomoedas alternativas e indo para o criptoativo de maior relevância no mercado.

Ethereum atinge menor preço dos últimos 9 meses

O Ether, token do Ethereum, opera em queda de -9,76% nesta segunda-feira (13), fazendo o seu preço cair abaixo de US$ 300, forçando a segunda maior criptomoeda do mercado a alcançar sua marca mais baixa em mais de nove meses.

O ETH estava sendo negociado a US$ 323 no início do dia, mas uma forte pressão vendedora levou a cotação para os US$ 290. A última vez que foi negociado abaixo dos US$ 300 foi no final de outubro de 2017.

Publicidade

No Brasil, de acordo com o Índice de Preço do Ethereum (IPE), a cotação do ETH está em R$ 1.156,00, após operar em queda de -12,27% (R$ -161,61) no dia. Desde o inicio de junho, a criptomoeda já desvalorizou 50%.

Gráfico do IPE

Não está totalmente claro o que levou à liquidação, que é desproporcionalmente grande em comparação com as menores quedas exibidas nas principais criptomoedas do mercado.

Criptomoedas seguem em queda semanal

Com a queda generalizada, o valor de mercado das criptomoedas também chegou ao menor patamar de 2018 após ter encostado nos US$ 200 bilhões.

Nos últimos sete dias, Ripple, IOTA, EOS, ETC, NEO e TEzos apresentam quedas superiores a 30% enquanto nenhuma do top 20 opera no positivo. O BTC, junto com a Stellar, são as que apresentam as menores quedas.

Publicidade


Compre Bitcoin no Celular

A BitcoinTrade é a melhor plataforma para operar criptomoedas do Brasil.
Compre Bitcoin, Ethereum e Litecoin com segurança e liquidez, diretamente pelo app.
Baixe agora e aproveite, acesse: www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
moeda de bitcoin e ethereum com gráfico ao fundo

Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) supera US$ 72 mil com halving cada vez mais próximo; ETH dispara 6%

É a primeira vez que o Bitcoin bate a marca de US$ 72 mil desde meados de março
Imagem da matéria: Investidor transforma R$ 20 mil em R$ 178 milhões ao segurar Bitcoin por 12 anos

Investidor transforma R$ 20 mil em R$ 178 milhões ao segurar Bitcoin por 12 anos

Quando o investidor adquiriu 500 BTC em julho de 2012, a quantia valia R$ 20 mil; hoje, ultrapassa R$ 178 milhões
Casa à beira de rio no Butão

Governo de Butão vai intensificar mineração de Bitcoin no Himalaia com investimento de R$ 2,5 bi

O governo do país asiático vai apostar em hardwares de ponta para compensar os efeitos do halving do Bitcoin que acontece este mês
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) estaciona em US$ 66 mil com menor apetite por risco e criptomoedas ganham espaço em carteiras de brasileiros

Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) estaciona em US$ 66 mil com menor apetite por risco e criptomoedas ganham espaço em carteiras de brasileiros

Bitcoin e Ethereum andam de lado, enquanto algumas altcoins registram ganhos em um dia de perdas para os índices acionários globais