Imagem da matéria: Bitcoin pode chegar a US$ 3 mil se a história se repetir, segundo este analista
(Foto: Shutterstock)

CryptoMedication, um analista de criptomoedas que possui diversos canais de análises fez um paralelo com a atual queda do preço do Bitcoin com os anos de 2011 e 2013. Para ele, a desvalorização brutal em 2018, depois de uma forte alta no ano passado não é novidade.

A seguir, com autorização do autor, o Portal do Bitcoin vai traduzir a análise enviada pelo telegram do autor.

Publicidade

O que aconteceu com o Bitcoin em 2011

1. Bitcoin passa por uma febre em 2011. Aprecia desde apenas centavos de dólar até US$ 29,58.

2. A grande maioria do ganho de preço vem entre 1-2 meses antes do pico do preço.

3. Há uma enorme repercussão e o preço cai 70%.

4. Esse ponto de 70% serve como suporte a longo prazo por alguns meses. Permanece a US$ 7,80- US$ 8,30 (estimativa de intervalo).

5. Eventualmente, o suporte é quebrado em setembro de 2011. O preço cai até US$ 2,40. Esta é uma retração de um total de 90%, algo abrupto.

6. O preço fica abaixo do suporte de longo prazo de US $ 7,80 a US $ 8,50 pelos próximos oito meses ou mais.

7. Uma vez que o preço rompe o suporte de longo prazo (que se tornou resistência, já que o preço estava abaixo dele), o Bitcoin nunca mais se viu abaixo dos US$ 8 novamente.

8. O preço continuou a se valorizar até a próxima pico de preço em dezembro de 2013.

O que aconteceu com o Bitcoin em 2013/2014

1. Bitcoin passa por uma febre em 2013. O preço vai de apenas US$ 15 para US$ 1100 (aproximadamente)

2. A grande maioria do ganho de preço vem no 1-2 meses antes do pico de preço.

3. Há uma enorme repercussão e o preço cai 65%.

4. Esse ponto de 65% serve como suporte a longo prazo por alguns meses. O preço fica na faixa de US$ 380 a US$ 450.

Publicidade

5. Eventualmente, o suporte é quebrado em dezembro de 2014. O preço cai até US$ 150. Este é uma retração total de 85%, que é abrupta.

6. O preço fica abaixo do suporte de longo prazo de US$ 400 pelos próximos 10 a 11 meses consecutivos (até dezembro de 2015).

7. Uma vez que o preço rompe o suporte de longo prazo (que se tornou resistência, já que o preço estava abaixo dele), o Bitcoin nunca mais se viu abaixo de US$ 400 novamente.

8. O preço continua a se valorizar até o próximo pico de preço em dezembro de 2017.

Finalmente, 2017/2018

1. Bitcoin passa por uma febre em 2017. O preço vai de apenas US$ 800 e encontra na casa dos US$ 20.000.

Publicidade

2. A maior parte do ganho de preço vem nos 1-2 meses antes do pico do preço.

3. Há uma enorme repercussão e o preço cai 70% (de US$ 20.000 para US$ 6.000).

4. Esse ponto de 70% serve como suporte a longo prazo por alguns meses. O preço fica entre US$ 6.000 e US$ 6.500 (estimativa do intervalo).

5. Eventualmente, o suporte é quebrado em novembro de 2018. O preço cai todo o caminho para…

6. Coincidentemente, entre US$ 3.000 e US$ 4.000 representariam uma retração de -85% a -80%. É aproximadamente o mesmo retrocesso total para 2011 e 2013/2014.

*Está analise foi escrita e divulgada no canal de telegram do analista Criptomedication.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
trader segura moeda de bitcoin em frente a grafico em computador

Bolsa de Chicago planeja lançar negociação de Bitcoin à vista, diz jornal

O objetivo é capitalizar a crescente demanda este ano entre os gestores de Wall Street para ganhar exposição ao setor de criptomoedas
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank libera envio e recebimento de criptomoedas de carteiras externas

Já estão disponíveis para essas transações Bitcoin, Ethereum e Solana; outras moedas e redes serão adicionadas em breve
Cofre dourado no formato de baleia receb moedas shiba inu SHIB

Baleias voltam a encher os bolsos de Bitcoin, mostra análise

A acumulação acelerada de baleias é um sinal de que o mercado altista do Bitcoin ainda está ativo
Pizza em uma mão moeda de bitcoin na outra

Bitcoin Pizza Day: Corretoras comemoram data histórica do Bitcoin com promoções; confira

Semana tem pizza grátis, cashback, joguinho e descontos em comemoração à primeira transação comercial com o Bitcoin realizada há 14 anos