Imagem da matéria: Bitcoin Opera em 6% de Alta; Criptomoedas Voltam aos US$ 400 Bilhões

O mercado de criptomoedas começou bem a semana, com a capitalização de mercado total de todas as moedas consolidando acima da marca de US$ 400 bilhões.

O Bitcoin, a principal criptomoeda do mercado, voltou a se aproximar dos US$ 9.000, após ter voltado aos US$ 8.000.

Publicidade
Gráfico BTC/USD da Bitfinex

Apesar da recuperação, após ter sido cotado abaixo dos US$ 6.000, o bitcoin está com um acumulado de -12% no mês de fevereiro. Em 2018, o bitcoin acumula uma desvalorização de 35%.

No Brasil, a criptomoeda é negociada em R$ 29.000. O volume de negociação nas últimas 24 horas foi de apenas 840 BTC, volume muito abaixo do normal, provavelmente devido ao feriado do carnaval.

As quinze criptomoedas com maior valor de mercado também operam em alta nesta segunda feira de carnaval.

O valor de mercado chegou a US$ 458 bilhões no sábado – o mais alto desde 2 de fevereiro – de acordo com o CoinMarketCap. O valor atualmente está em torno de US$ 430 bilhões – 6% menor que o final do fim de semana.

O bitcoin continua com 35% de marketshare, enquanto ethereum e ripple vem comendo pelas beiradas com 20% e 10% respectivamente.

Publicidade

Olhando para as criptomoedas individualmente, a Ethereum Classic foi a que mais valorizou nas últimas 24 horas, com quase 20%.

 

Do lado oposto, o Bitcoin Gold foi o que mais desvalorizou, com 10% de queda.

Leia Também: 50 Apartamentos de Luxo em Dubai Foram Vendidos por Bitcoin

 

BitcoinTrade

A primeira plataforma Brasileira que você pode comprar com segurança utilizando o seu Cartão de Crédito como forma de pagamento. Eles aceitam Visa e Mastercard. A BitcoinTrade ainda conta com certificação de segurança PCI Compliance, a única no Brasil. Acesse aqui: https://www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração de baleia nadando com moeda de bitcoin em seu interior

Baleia movimenta R$ 321 milhões em Bitcoin pela 1ª vez em uma década

Quando o investidor desconhecido adquiriu os bitcoins em 2013, a cotação do ativo não passava de US$ 120
Imagem da matéria: Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Ao todo, vítima gastou quase R$ 5 milhões nos pagamentos: além do envio de Bitcoin, foram 40 depósitos bancários
CEO da Galaxy Digital, Mike Novogratz, em entrevista ao BNN Bloomberg no YouTube

O Bitcoin precisa de uma nova narrativa para voltar a subir, segundo CEO da Galaxy Digital

Mike Novogratz também acredita que o preço do BTC flutue entre US$ 55 mil e US$ 75 mil até que novos eventos ocorram
o que é mineração de bitcoin

Dificuldade de mineração de Bitcoin está despencando, mas por quê?

A redução no preço do Bitcoin, combinada com a diminuição das recompensas de mineração, resulta em menos mineradores e em uma rede menos robusta — pelo menos por enquanto