Imagem da matéria: Bitcoin Fecha Semana em Alta: US$ 4300

O mês de setembro acabou e a última semana foi de alta para o Bitcoin. Recuperando-se de algumas turbulências em relação a China, como primeiro, o banimento dos ICOs e em seguida uma ordem para fechar as exchanges de criptomoedas até que elas se ajeitassem às normas. Também teve o mais recente banimento dos ICOs pela Coreia do Sul.

Apesar disso, o Bitcoin está agora perto dos US$ 4300. Uma alta de 15% nos últimos sete dias e de 40% nas últimas duas semanas, quando atingiu seu menor valor no mês.

Publicidade

Embora em alta recente, o bitcoin fechou negativo em 14% no mês de setembro. No dia primeiro, o bitcoin estava próximo dos US$ 5000, chegando abaixo dos US$ 3000 na metade do mês.

Gráfico BTC/USD da Bitstamp

Ágio Negativo da China Diminuiu

A diferença entre o preço do bitcoin nas exchanges chinesas para as exchanges do resto do mundo estava altíssimo. Devido ao encerramento de algumas exchanges e a interrupção de depósitos em algumas outras na China, o ágio havia chegado a quase 20%. Porém está tudo voltando ao normal agora.

Como pode-se observar, na OKCoin, o preço já está CNY 25.570, o equivalente a US$ 4160.

Gráfico BTC/USD da OKCoin

Já no Brasil o mercado ficou um pouco estagnado durante a semana, com pouco variação, com uma mínima perto dos R$ 13.000 e preço atual na casa dos R$ 14.300.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin cai 5% para US$ 54 mil com início dos pagamentos da Mt. Gox

Manhã Cripto: Bitcoin cai 5% para US$ 54 mil com início dos pagamentos da Mt. Gox

O preço do Bitcoin chegou a atingir US$ 53.898 após uma carteira da Mt. Gox transferir US$ 2,7 bilhões
Imagem da matéria: Bitcoin está queda, mas até que ponto deve cair? Especialistas respondem

Bitcoin está queda, mas até que ponto deve cair? Especialistas respondem

Ainda não atingimos o fundo, afirmam os analistas que preveem um aumento significativo do BTC até o final do ano
Imagem da matéria: 5 fatores que podem levar o Bitcoin a US$ 100 mil até o fim de 2024

5 fatores que podem levar o Bitcoin a US$ 100 mil até o fim de 2024

Apesar da recente queda do mercado de criptomoedas, vários catalisadores oferecem uma oportunidade para os investidores de longo prazo que buscam um alívio
Imagem da matéria: Deputada alemã critica venda de Bitcoin do governo e defende mantê-lo em reserva estratégica

Deputada alemã critica venda de Bitcoin do governo e defende mantê-lo em reserva estratégica

“O Bitcoin oferece uma oportunidade única de diversificar os ativos do estado”, escreveu Cotar