Imagem da matéria: Bitcoin Enfrenta o ''Momento da Verdade'', Diz Economista da Allianz

Um dos melhores economistas de uma das maiores empresas de gerenciamento de ativos e de seguros da Europa disse que acredita que o bitcoin está enfrentando seu “momento de verdade”, pois perdura sua primeira correção significativa desde o lançamento dos contratos futuros de bitcoin no início deste mês.

Momento da Verdade

Mohamed El-Erian, o Conselheiro Econômico Chefe da Allianz, escreveu em uma edição da Bloomberg que, após um ano excelente que viu o preço do bitcoin subir para quase US $ 20.000 depois de iniciar o ano em US $ 1.000, o mercado se encontra em uma momento de decisão.

Publicidade

Desde que atingiu um máximo histórico de US$ 19.891 em 17 de dezembro, o preço do bitcoin entrou em uma fase de correção.

Para as pessoas que entraram recentemente no mercado pode parecer algo assustador, mas trantando-se de bitcoin, é uma coisa normal desde sua existência. Consequentemente, El-Erian escreveu que essa desaceleração traz particular importância para o futuro do bitcoin.

“Essa boa correção de preços atuará como um catalisador para expandir o que, até agora, teve um envolvimento institucional bastante limitado neste mercado – ou se tornará um estágio na deflação de uma bolha de ativos notável e histórica”, disse ele.

Risco do Bitcoin se tornar uma bolha histórica

Ele argumentou em setembro que o valor justo de mercado do bitcoin situava-se entre US$ 1.300 e US$ 2.000 – cerca de um terço do seu valor na época – e explicou que, até o momento, o bitcoin está sendo fortalecido por uma base de investidores pequena, porém bem forte. Ele também alegou que, com exceção da China, o bitcoin atraiu menos intervenção do governo do que seria de se esperar.

Referenciando esta alta exagerada, El-Erian disse que uma correção “saudável” eliminaria a “exuberância irracional” do mercado, e proporcionaria aos investidores institucionais um ponto de entrada atraente e ampliaria a base de investidores do bitcoin.

Publicidade

“Fique fora disso”, advertiu ele, “nem mesmo o profundo empenho dos verdadeiros crentes será suficiente para proteger os investidores individuais de varejo que acabariam experimentando uma valorização e um colapso nos preços que rivalizariam mesmo com as maiores bolhas de investimento da história”.

Ao que parece, para quem lê opinião de economistas mainstream do mercado tradicional, é que todos tem uma opinião formada e pronta sobre o assunto. Eles relutam em aceitar as criptomoedas como uma nova classe de ativos por ser algo fora do escopo deles. É o medo de perder relevância no mercado. Esse é o sentimento da grande maioria dos ”ex-especialistas”.

Leia Também: US$ 1 Milhão: John McAfee Aumenta sua Previsão do Bitcoin para 2020

 

BitcoinTrade

A primeira plataforma Brasileira que você pode comprar com segurança utilizando o seu Cartão de Crédito como forma de pagamento. Eles aceitam Visa e Mastercard. A BitcoinTrade ainda conta com certificação de segurança PCI Compliance, a única no Brasil. Acesse aqui: https://www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Placa com o logotipo da b3

B3 começa a negociar contrato futuro de Bitcoin nesta quarta-feira

Contrato futuro de Bitcoin será equivalente a 100 do valor da criptomoeda em reais e terá vencimento mensal, informou a Bolsa de Valores
Imagem da matéria: Runes vai ajudar o Bitcoin a competir com Ethereum e Solana, diz Franklin Templeton

Runes vai ajudar o Bitcoin a competir com Ethereum e Solana, diz Franklin Templeton

Segundo a empresa de investimentos, o Runes tem o potencial de ajudar o ecossistema Bitcoin como um todo a competir com o Ethereum e a Solana
Ilustração de mão segurando smartphone com logotipo da Toncoin

Toncoin (TON) bate recorde de preço e supera Cardano como 10ª cripto mais valiosa

O Toncoin (TON) da Open Network disparou nas últimas semanas e expulsou a Cardano do top 10 das criptomoedas
Imagem da matéria: Ex-ministro do Petróleo da Venezuela é preso por corrupção com uso de criptomoedas

Ex-ministro do Petróleo da Venezuela é preso por corrupção com uso de criptomoedas

O ex-ministro Tareck El Aissami foi preso por participar de esquema que desviou US$ 15 bilhões da venda de petróleo usando criptoativos