Imagem da matéria: Bitcoin é uma das Maiores Ameaças ao Mercado em 2018: Deutsche Bank

O Deutsche Bank emitiu um relatório de mercado para 2018. O documento, criado pelo economista Chefe Torsten Slok, lista 30 possíveis ameaças que poderiam prejudicar os mercados globais no próximo ano. Ao lado ameaças como “Coreia do Norte” e “Brexit”, está o bitcoin. Enquanto alguns investidores institucionais vêem bitcoin como uma oportunidade, muitos consideram isso uma ameaça.

Deutsche Bank

Com mais de 100.000 funcionários e receita anual de US$ 35 bilhões, o Deutsche Bank é uma potência global. Quando o Economista Chefe de um grande banco como esse fala – especialmente quando adverte sobre possíveis ameaças de mercado – o mundo dos investimentos toma conhecimento.

Publicidade

A lista de Torsten Slok dos 30 maiores riscos de mercado em 2018 faz uma leitura interessante. As ameaças, que não aparecem em nenhuma ordem específica, incluem a inflação dos EUA aumentando acentuadamente, a eleição presidencial russa e a explosão da bolha imobiliária. Há uma ameaça particular que se destaca no entanto – bitcoin. Especificamente, ela diz: “Queda do Bitcoin, impacto de confiança nos investidores de varejo”.

Torsten Slok e o Bitcoin

A principal preocupação de Torsten Slok com bitcoin é que os recém-chegados – por exemplo, investidores institucionais que negociam derivativos de bitcoin – possam ficar gravemente queimados se houver um grande crash.

A inclusão do bitcoin ao lado de grandes eleições globais e eventos de mercado mostra a extensão do aumento notável da criptomoeda. No início de 2017, poucos poderiam ter predito que o bitcoin se transformaria em uma ameaça global levada a sério em tão pouco tempo.

Na quinta-feira, o Deutsche Bank publicou uma apresentação sobre moedas digitais em seu site, que afirmou:

Nós classificamos as criptomoedas como um investimento de risco porque os aumentos de preços recentes são, em parte, baseados em especulações. A volatilidade é muito alta e atingiu 80% e todo o setor geralmente não está regulado … existe um risco apreciável de grandes perdas.

O que a lista de risco do Deutsche Bank não considera é a outra ameaça enfrentada pelo bitcoin: que a moeda digital destrua todo o setor bancário. Bitcoin não está prestes a tornar obsoletas todas as outras classes de ativos globais. No entanto, se fosse para continuar com sua valorização fora do normal, os bancos de investimento enfrentariam um grande dilema.

Publicidade

Leia Também: Governos Não Serão Capazes de Parar o Bitcoin, Diz Novogratz

 

BitcoinTrade

A primeira plataforma Brasileira que você pode comprar com segurança utilizando o seu Cartão de Crédito como forma de pagamento. Eles aceitam Visa e Mastercard. A BitcoinTrade ainda conta com certificação de segurança PCI Compliance, a única no Brasil. Acesse aqui: https://www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank libera envio e recebimento de criptomoedas de carteiras externas

Já estão disponíveis para essas transações Bitcoin, Ethereum e Solana; outras moedas e redes serão adicionadas em breve
trader segura moeda de bitcoin em frente a grafico em computador

Bolsa de Chicago planeja lançar negociação de Bitcoin à vista, diz jornal

O objetivo é capitalizar a crescente demanda este ano entre os gestores de Wall Street para ganhar exposição ao setor de criptomoedas
Pizza em uma mão moeda de bitcoin na outra

Bitcoin Pizza Day: Corretoras comemoram data histórica do Bitcoin com promoções; confira

Semana tem pizza grátis, cashback, joguinho e descontos em comemoração à primeira transação comercial com o Bitcoin realizada há 14 anos
Moeda do Bitcoin envolta por raios (Lightning Network)

Lightning Labs está trazendo stablecoins para a blockchain do Bitcoin

“Ideia é ter dólares criptografados e stablecoins na blockchain do Bitcoin”, explicou Elizabeth Stark, CEO da Lightning Labs