nathalia arcuri do meu poupe
Nathalia Arcuri com as ativistas Magatte Wade (E) e Farida Nabourema (D)

A influencer brasileira de finanças e fundadora do MePoupe!, Nathalia Arcuri, escreveu no Linkedin que o Bitcoin é a única saída para a liberdade financeira em países africanos vinculados ao Franco CFA, uma moeda que na prática é controlada pela França.

No texto postado na quinta-feira (16), Arcuri afirma que o Bitcoin é a única saída para impedir sanções, confiscos e perda de valor constante do dinheiro que circula em países como Senegal, Mali, Gabão, República do Congo, Togo e outras 10 nações que habitam a esfera da colonização francesa.

Publicidade

Para Arcuri, Bitcoin se trata de uma moeda descentralizada que oferece mais independência financeira aos países e seus cidadãos. Ela enfatizou que, apesar de ser vista por muitos como uma moeda especulativa, nos países africanos vinculados ao franco CFA, o Bitcoin é uma solução concreta para a luta pela liberdade econômica.

“A história de mulheres como Magatte Wade e Farida Nabourema, que estão exiladas devido às ameaças de morte que recebem por sua luta pela liberdade econômica desses países, mostra a importância de buscar soluções alternativas”, escreveu a influencer.

Bitcoin e liberdade

Ela postou uma foto com as ativistas na conferência de tecnologia SXSW.

“Confesso que não fazia ideia da realidade que esses países viviam até me deparar com a história dessas mulheres guerreiras em um painel sobre colonialismo monetário no SXSW e por isso estou usando esse espaço como mais uma plataforma para que as vozes dos ativistas que lutam pela liberdade econômica desses países sejam ampliadas”, disse.

Ela também relembrou o papel de Alex Gladstein, diretor da Human Rights Foundation, que escreveu um livro a respeito dos abusos impostos aos países da zona do franco CFA que, segundo Arcuri, vale a pena ser lido e discutido.

VOCÊ PODE GOSTAR
Pizza em uma mão moeda de bitcoin na outra

Bitcoin Pizza Day: Corretoras comemoram data histórica do Bitcoin com promoções; confira

Semana tem pizza grátis, cashback, joguinho e descontos em comemoração à primeira transação comercial com o Bitcoin realizada há 14 anos
Michaël van de Poppe em vídeo no Youtube

“É hora de investir em altcoins como Ethereum além do Bitcoin”, diz Michaël van de Poppe

Citando o Ethereum com uma das opções, o analista diz que o mercado de altcoins já passou por correção e que a tendência agora é de alta
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank libera envio e recebimento de criptomoedas de carteiras externas

Já estão disponíveis para essas transações Bitcoin, Ethereum e Solana; outras moedas e redes serão adicionadas em breve
Ilustração de baleia nadando com moeda de bitcoin em seu interior

Baleia movimenta R$ 321 milhões em Bitcoin pela 1ª vez em uma década

Quando o investidor desconhecido adquiriu os bitcoins em 2013, a cotação do ativo não passava de US$ 120