bitcoin, queda. manhã cripto, bitcoin hoje, criptomoaedas
Foto: Shutterstock

O bitcoin ampliou sua queda neste domingo (14) e já é negociado perto dos US$ 10.500. A queda teve início na quarta (10) logo após o preço ter rompido os US$ 13.000 pela segunda vez em 2019.

Desde a máxima mensal, o BTC acumula queda de US$ 2.600 (-20%). O acumulado em julho também é negativo, -4%.

Publicidade

No Brasil, a criptomoeda despencou mais de R$ 8.000 em menos de uma semana e é cotada a R$ 41.400 às 12:30 (horário de brasília), segundo o IPB.

O principal suporte do bitcoin agora está em US$ 10.800. Se o preço fechar abaixo desse patamar, a queda pode continuar em direção aos US$ 8.800.

O analista técnico Josh Rager disse que, se o preço do bitcoin não conseguir se recuperar da região de US$ 10.000, é provável que haja um recuo para a região de US$ 9.000.

“Realmente quero que o preço fique e feche acima de US$ 10.900 para manter a esperança. Qualquer intervalo e fechamento abaixo de US$ 10.577 sinalizaria uma mudança na tendência de curto prazo e eu estaria olhando para US$ 9.000 como o próximo alvo. Mercado ainda continua otimista na minha opinião (isso só seria um recuo)”, disse ele.

Publicidade

Rager enfatizou que, no médio a longo prazo, a tendência do bitcoin ainda é de alta. Existem vários fatores fundamentais a serem considerados que poderiam atuar como catalisadores nos próximos meses, como o surgimento de plataformas de negociação como a Bakkt e o halving do Bitcoin.

Apesar da queda no preço, o domínio do BTC segue estável, dado que as principais criptomoedas estão em situações mais críticas. O Bitcoin representa 65,5% do mercado cripto total, com valor de mercado de US$ 190 bilhões.

Banho de sangue nas criptomoedas

O preço do Ethereum, segunda maior criptomoeda do mercado, em relação ao Bitcoin está localizado nos menores níveis desde dezembro 2017, cotado a 0,0224 BTC (US$ 240), com queda de 11,8% nas últimas 24 horas.

O par XRP/BTC está sofrendo desde o início de 2019 e também registra níveis semelhantes a dezembro de 2017, com queda de 6,5% no dia.

Alinhado com o mercado, as vinte principais criptomoedas operam em quedas próximas aos 10% no dia.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
moeda de bitcoin exposta à frente de fundo escuro

Pesquisadores recuperam senha perdida há 11 anos de carteira com R$ 16 milhões em Bitcoin 

Contratada por um investidor, a dupla Joe Grand e Bruno fizeram engenharia reversa em um software para obter sucesso e restabelecer o acesso a 43,6 BTCs
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin ensaia recuperação e Trump diz apoiar a mineração de BTC nos Estados Unidos

Manhã Cripto: Bitcoin ensaia recuperação e Trump diz apoiar a mineração de BTC nos Estados Unidos

Donald Trump disse, após um evento de campanha com mineradores de Bitcoin, que ele quer “todo o Bitcoin restante feito nos EUA”
moeda de bitcoin com bandeira dos EUA

O que faria os americanos comprarem mais Bitcoin? Regulamentações mais claras, afirma pesquisa

Pesquisa da Grayscale mostra que 44% dos eleitores dos EUA que não possuem criptos dizem que estão “esperando regulamentações adicionais”
Imagem de Glaidson Acácio dos Santos, mais conhecido como Faraó do Bitcoin

Gilmar Mendes mantém prisão de Glaidson Acácio dos Santos, criador da GAS Consultoria

A defesa do ‘Faraó do Bitcoin’ alegou problemas psiquiátricos e uso de medicamento controlado, além de questionar a jurisdição acerca da competência para os processos