Imagem da matéria: Bitcoin despenca abaixo de US$ 7.000 após pressão da China sob criptomoedas
Foto: Shutterstock

O preço do bitcoin segue em forte queda e, às 11h08 desta sexta-feira (22) caiu abaixo dos US$ 7.000 pela primeira vez desde maio. No Brasil, a criptomoeda está sendo negociada abaixo de R$ 30.000.

O movimento de baixa começou no início de novembro e se intensificou durante a quinta-feira (21) após o BTC perder os US$ 8.000.

Publicidade
Gráfico BTC/USD da Bitfinex

Há algumas semanas, o presidente da China, Xi Jinping, pediu ao país que se envolvesse mais com as tecnologias baseadas em blockchain. No entanto, desde então, o governo administra a narrativa “Blockchain, não Bitcoin”, lembrando às pessoas que as criptomoedas permanecem ilegais em geral.

Hoje, a sede do Banco Popular da China em Xangai fez uma nova atualização regulatória, descrevendo que fortaleceria a regulamentação e o controle e restringiria o comércio de criptomoedas.

De acordo com a atualização, as autoridades continuarão implementando regulações rígidas, enquanto monitoram atividades relacionadas a criptomoedas dentro de sua jurisdição. Além disso, também afirma que, uma vez identificadas, essas atividades serão “paradas imediatamente e impedidas de continuarem”.

As autoridades parecem acreditar que existem múltiplos riscos no que diz respeito à emissão de criptomoedas e suas respectivas negociações. Isso inclui adulteração de ativos, especulações de investimentos, falências nos negócios, em meio a outros do tipo.

Publicidade

Em resumo, os investidores não devem misturar tecnologia blockchain e criptomoedas, pois as políticas do governo em relação a ambas são particularmente diferentes.

Mercado no vermelho

Todas as principais criptomoedas do mercado operam em forte queda nesta sexta. Ethereum e Bitcoin Cash caem 11% cada uma e estão sendo negociadas a US$ 146 e US$ 204 respectivamente.

A capitalização do mercado cripto também voltou a ficar abaixo de US$ 200 bilhões após perder mais de US$ 50 bi apenas em novembro.

O Bitcoin segue dominando o mercado com mais de 66% de marketshare.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: '101 Perguntas sobre Bitcoin': Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

‘101 Perguntas sobre Bitcoin’: Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

A obra discorre os princípios técnicos da moeda até suas implicações socioeconômicas no contexto atual, de modo a proporcionar um entendimento profundo ao público geral
Pizza em uma mão moeda de bitcoin na outra

Bitcoin Pizza Day: Corretoras comemoram data histórica do Bitcoin com promoções; confira

Semana tem pizza grátis, cashback, joguinho e descontos em comemoração à primeira transação comercial com o Bitcoin realizada há 14 anos
Ilustração de baleia nadando com moeda de bitcoin em seu interior

Baleia movimenta R$ 321 milhões em Bitcoin pela 1ª vez em uma década

Quando o investidor desconhecido adquiriu os bitcoins em 2013, a cotação do ativo não passava de US$ 120
Michaël van de Poppe em vídeo no Youtube

“É hora de investir em altcoins como Ethereum além do Bitcoin”, diz Michaël van de Poppe

Citando o Ethereum com uma das opções, o analista diz que o mercado de altcoins já passou por correção e que a tendência agora é de alta