Bitcoin Core atualiza para versão 0.20.0; veja o que mudou

A versão mais recente do software de código aberto que alimenta o Bitcoin foi lançada hoje, com uma lista abrangente de alterações que variam de cosméticas a infraestruturais

Bitcoin Core atualiza para versão 0.20.0; veja o que mudou
Foto: Shutterstock


O Bitcoin Core 0.20.0 foi lançado hoje, o 28º upgrade para a primeira e ainda mais popular implementação do Bitcoin. O lançamento representa seis meses de trabalho de 119 desenvolvedores (102 a mais que o lançamento anterior da versão 0.19.1).

Uma publicação no blog do Bitcoin Core menciona que o lançamento, que inclui uma longa lista de atualizações específicas, “inclui novos recursos, várias correções de bugs e melhorias de desempenho, além de traduções atualizadas”. Nota especial, esta versão também apresenta uma nova configuração de mapeamento de IP para tornar a conectividade node a node na rede Bitcoin mais estável e eficiente.

Uma das mudanças destacadas inclui a remoção de uma antiga proposta de melhoria do Bitcoin (BIP). O BIP 61, implementado no release 0.19.0, que permitiu aos operadores de node transmitir as chamadas “mensagens de rejeição” para seus pares no caso de uma transação ou bloco ser rejeitado por seu node.

Esse mecanismo de feedback deveria fornecer aos operadores de nodes a capacidade de diagnosticar problemas de taxa de transferência para transações e bloquear a transmissão. Mas como o colaborador do Bitcoin Core, Marco Falke, apontou na lista de discussão do Bitcoin dev, “nodes da rede geralmente não podem ser confiáveis ​​para enviar mensagens (“rejeitar”) válidas; portanto, isso só deve ser usado quando conectado a um node confiável”.

Assim, os desenvolvedores do Bitcoin Core decidiram “eliminar gradualmente” o recurso “desativando-o em 0.19.0 e removendo-o totalmente no 0.20.0”, disse Michael Folkson, do London Bitcoin Devs, que contribuiu na atualização.

Mas a principal mudança, Folkson disse, vem da remoção do OpenSSL, a biblioteca de software que Satoshi Nakamoto implementou desde o início, para garantir que todas as informações que são desviadas pela rede Bitcoin permaneçam na rede.

O OpenSSL, “há muito tempo é uma fonte de bugs e problemas de desempenho”, explicou a pesquisa da BitMEX em um post no início deste ano. Desde a versão 0.12.0, os desenvolvedores abandonaram lentamente o OpenSSL em favor do secp256k, uma biblioteca de software criada e ajustada para o Bitcoin.

Com a versão 0.20.0, Folkson disse que o OpenSSL foi “completamente removido” e que essa mudança oferecerá “mais segurança” e “reduzirá as superfícies de ataque”.

Para todas as outras mudanças, Folkson disse que existem “recursos ou configurações que os usuários verão, mas não são grandes modificações”, juntamente com “coisas mais significativas acontecendo abaixo da superfície que os usuários não verão”.

*Traduzido e republicado com autorização da Decrypt.co

Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br