Imagem da matéria: Bitcoin: Caia Fora se Não Quiser Perder Todo seu Dinheiro, diz ''Lobo de Wall Street''

Jordan Belfort, um ex-corretor de Wall Street que cumpriu prisão por fraude em ações, falou negativamente do Bitcoin em um vídeo publicado no Youtube em 23 de julho.

Conhecido como o ‘Lobo de Wall Street’, título do filme que conta sua história interpretada pelo ator Leonardo DiCaprio, Belfort alerta os investidores a saírem “desta loucura insana das criptomoedas”.

Publicidade

Durante os comentários, Belfort não sai muito fora de frases já repercutidas em cenários negativos do mercado de criptomoedas, como ‘a teoria do tolo’, também usada como exemplo recentemente por Bill Gates, cofundador da Microsoft, e Bill Harris, CEO da PayPal, quando observaram o Bitcoin.

Ele disse que o Bitcoin só aumenta por causa da crença de que sempre vai existir alguém para comprá-lo por um preço mais alto. E sobre isso, afirmou ele, ele sabe “melhor do que ninguém”.

Ele se referiu aos crimes que cometeu manipulando ações durante sete anos com a sua empresa Stratton Oakmont, o que deixou investidores com títulos praticamente inúteis.

E a ferramenta principal que ele usou para enganar no mercado foi a mesma ‘teoria do tolo’ (Greater Fools Theory) que ele cita nos comentários.

Publicidade

“Saia dessa se você não quer perder todo o seu dinheiro, pois a chance que ele quebre é alta. E quando isso acontecer você não conseguirá vendê-lo, não haverá liquidez”, disse Belfort.

O ex-corretor, que cumpriu 22 meses de prisão na Califórnia (EUA) após se declarar culpado em 1999, disse que nunca comprou nenhuma criptomoeda, pois não acredita que seja um bom negócio, mas ele elogiou a tecnologia blockchain e anunciou que nunca falou sobre o assunto porque estava trabalhando em novo projeto.

O ‘Lobo de Wall Street’ disse que levou muito tempo para se manifestar sobre o Bitcoin, mas que sempre quis fazer o vídeo de alerta e o vê como um grande presente para a sociedade.

“Este é o meu presente para você salvar o seu dinheiro”, alertou Belfort, que respondeu por 10 acusações de fraude de valores mobiliários e lavagem de dinheiro.

Publicidade

Bitcoin dá sinais de alta

O Bitcoin esboçou reação após fechar junho com -15% e as criptomoedas acompanharam esta média.

No início desta primeira semana julho o criptoativo começou bem, com alta de US$ 300 e se aproximou dos US$ 6.700, maior valor dos últimos dez dias.

No Brasil, de acordo com o IPB, a cotação do Bitcoin subiu +1,93% nesta quinta-feira (05), sendo negociado a R$ 26.068. Há menos de uma semana a criptomoeda estava sendo negociada abaixo dos R$ 23.000.

A recuperação se dá após um mês conturbado de junho, que fechou negativo em 15% atingindo o menor preço em dólar em 2018.

A cotação no mercado de criptomoedas brasileiro não chegou a atingir o menor patamar devido a alta do dólar, que já está acima de R$ 3,90. Com isso, a menor cotação do ano continua sendo em fevereiro, quando chegou a R$ 20.200.

Em 2017, o Bitcoin subiu de menos de US$ 1.000 para mais de US$ 19.000 em dezembro (no Brasil ele chegou a ser negociado a R$ 70 mil), antes de despencar no início deste ano.

Publicidade

 

BitcoinTrade

A BitcoinTrade é a melhor solução para compra e venda de criptomoedas.
Negocie Bitcoin, Ethereum e Litecoin com total segurança e liquidez.
Acesse agora ou baixe nosso aplicativo para iOs ou Android:
https://www.bitcointrade.com.br/

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Alemanha continua vendendo Bitcoin e reserva cai de US$ 3 bi para US$ 223 milhões

Alemanha continua vendendo Bitcoin e reserva cai de US$ 3 bi para US$ 223 milhões

A 10x Research afirma que a pressão de venda do governo alemão está diminuindo e que o Bitcoin parece tecnicamente sobrevendido
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Bernstein reitera previsão de Bitcoin em US$ 200 mil até final de 2025

Previsão já havia sido feito em junho e os analistas apontam que a tendência recente de queda do Bitcoin não mudou esse cenário
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Queda de 4% leva o Bitcoin abaixo de US$ 60 mil e provoca liquidações de US$ 307 mi

Manhã Cripto: Queda de 4% leva o Bitcoin abaixo de US$ 60 mil e provoca liquidações de US$ 307 mi

É a primeira vez desde o início de maio que o Bitcoin apresenta uma cotação tão baixa
Imagem da matéria: Fundos de Bitcoin registram 5ª maior captação semanal da história

Fundos de Bitcoin registram 5ª maior captação semanal da história

Mais de US$ 1,4 bilhão foram investidos em fundos de criptomoedas nos últimos sete dias, o triplo da semana anterior