Imagem da matéria: Bitcoin cai 10% e usuário chega a vender a R$ 160 mil no Mercado Bitcoin
(Foto: Shutterstock)

O bitcoin teve uma forte queda neste domingo chegando a ser negociado próximo aos US$ 35 mil após abrir o dia cotado a US$ 40.100. No Brasil, o preço chegou a bater R$ 160 mil na corretora Mercado Bitcoin, a plataforma com maior volume no Brasil.

Gráfico do preço no mercado bitcoin durante a queda (Gráfico: Tradingview)

A queda no Brasil foi muito superior ao mercado internacional. Geralmente esse movimento acontece pela falta de liquidez no mercado local.

Publicidade

Em um possível momento de pânico, os usuários veem o preço caindo em dólar e realizam ordens a mercado nas corretoras brasileiras. Com a falta de liquidez, o preço despenca. Isso foi provavelmente o que aconteceu, dado que menos de dez minutos depois, o preço voltou a ser negociado acima dos R$ 200 mil.

Na prática, se um usuário vende por exemplo 5 Bitcoins à mercado em uma corretora, a plataforma vai limpar todas as ordens do book de ofertas até completar a venda dos 5 bitcoins. Se o book não tiver liquidez, o preço vai caindo até a ordem ser completada.

Apesar do susto, o mercado o bitcoin já está sendo negociado acima dos US$ 38 mil nas corretoras internacionais e R$ 210 mil no Brasil.

Mesmo com a queda, o bitcoin acumula alta de 19% nos últimos sete dias e 105% nos últimos trinta dias.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Fundador da FTX recorre de sentença de 25 anos e Bitcoin (BTC) estaciona em US$ 70 mil

Manhã Cripto: Fundador da FTX recorre de sentença de 25 anos e Bitcoin (BTC) estaciona em US$ 70 mil

Mercado de criptomoedas opera sem tendência definida nesta sexta-feira (12), apesar do fluxo negativo de fundos com exposição direta ao Bitcoin
Moeda de Bitcoin no centro de dados IA

Algoritmos de Aprendizado de Máquina preveem preço do Bitcoin para 30 de abril

Inteligência artificial prevê para o último dia deste mês que o preço do Bitcoin passe por um ligeiro ajuste
Casa à beira de rio no Butão

Governo de Butão vai intensificar mineração de Bitcoin no Himalaia com investimento de R$ 2,5 bi

O governo do país asiático vai apostar em hardwares de ponta para compensar os efeitos do halving do Bitcoin que acontece este mês
Brad Garlinghouse, CEO da Ripple , posa para foto

Mercado de criptomoedas vai valer US$ 5 trilhões até final do ano, prevê CEO da Ripple

Brad Garlinghouse justifica seu otimismo pelo halving do Bitcoin e um possível impulso regulatório positivo do mercado cripto nos EUA