Imagem da matéria: Bitcoin (BTC) atinge US$ 27 mil, sobe 34% na semana e supera ouro, Ibovespa e ações dos EUA
Foto: Shutterstock

O Bitcoin (BTC) se encaminha para fechar sua melhor semana de 2023, com uma tendência de alta que fez a moeda ultrapassar na sexta-feira (17) o nível de US$ 27 mil — uma cotação que não era vista desde junho de 2022.

Aproveitando uma valorização de 8,1% nas últimas 24 horas, a principal criptomoeda agora é negociada por volta de US$ 26.646, pouco abaixo da máxima diária de US$ 27.002, batida às 9h da manhã no horário de Brasília.

Publicidade

Neste ritmo acelerado de alta, o Bitcoin já acumula uma valorização de 34% nos últimos sete dias, segundo dados do CoinMarketCap. O que os gráficos mostram, portanto, é uma procura da criptomoeda por investidores que assistem uma crise bancária se desenrolar nos Estados Unidos.

Os fundamentos do Bitcoin como um ativo escasso, que funciona como reserva de valor, ganham ainda mais força nesse momento em que a expectativa é que o governo americano injete capital na economia para resgatar os bancos em apuros do país.

Bitcoin sobe mais do que ativos tradicionais 

Ao comparar o retorno do bitcoin com outras classes de ativos no Google Finanças, é possível ver que a criptomoeda se consolidou como o ativo de melhor desempenho ao longo da semana, quando comparado com outros investimentos como ações e ouro.

Se nos últimos cinco dias o bitcoin subiu 21% frente ao real — negociado atualmente a R$ 139,9 mil —, a alta na semana de outros investimentos não chega ao nível dos 3%.

Publicidade

Na comparação, o índice S&P 500, tradicional indicador que lastreia as ações das maiores companhias dos EUA, subiu 2,6% na semana. Outro índice de bolsa americana, o Down Jones, aparece dando um retorno de apenas 0,7% desde segunda-feira.

Já no Brasil, o Ibovespa — principal índice da bolsa brasileira, a B3 — se destaca no comparativo com o único retorno negativo na semana, com -1,04%.

Mesmo os metais preciosos não acompanham o criptoativo. O ETF de ouro SPDR Gold Shares, por exemplo, registrou uma alta de 2,5% nos últimos cinco dias.

Retorno do BTC/BRL nos últimos cinco dias em comparação com ações e ouro (Fonte: Google Finanças)
VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Ethereum tem melhor sequência de alta em 3 anos e pode saltar 60% se ETF for aprovado, dizem analistas

Ethereum tem melhor sequência de alta em 3 anos e pode saltar 60% se ETF for aprovado, dizem analistas

Se a SEC aprovar os pedidos de ETF de Ethereum nesta quinta-feira, enviará um sinal positivo que pode levar o ativo a disparar, assim como ocorreu com o Bitcoin em janeiro
Vitalik Buterin na ETH Taipei 2024. Foto: Rug Radio

Como o fundador do Ethereum, Vitalik Buterin, mantém suas criptomoedas seguras

“Descentralize sua própria segurança”, diz Buterin – mas ele não usa uma cold wallet para suas próprias criptomoedas
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Ethereum (ETH) decola 20% com expectativa para aprovação de ETFs nos EUA

Manhã Cripto: Ethereum (ETH) decola 20% com expectativa para aprovação de ETFs nos EUA

A animação dos investidores fez aumentar em 219% o volume de negociação do Ethereum nas últimas 24 horas
moeda de bitcoin dentro de armadilha selvagem

CVM faz pegadinha e descobre que metade das pessoas cairia em golpe com criptomoedas

Junto com a Anbima, a entidade criou um site de uma empresa fictícia que simulava a oferta de investimentos com lucros altos irreais