Imagem da matéria: Bitcoin bate nova máxima histórica e se aproxima dos US$ 50 mil
Foto: Shuttestock

O Bitcoin atingiu nova máxima histórica na manhã deste domingo (14) ao superar os US$ 49.500, deixando de lado seu recorde anterior estabelecido há apenas alguns dias de cerca de US$ 48.000. O preço da criptomoeda caiu desde então para US$ 48.574. Ainda assim, o preço valorizou 3,71% nas últimas 24 horas. Desde o início do ano, o BTC acumula ganho de quase 70%.

A alta do Bitcoin foi retomada esta semana após a Tesla revelar que havia investido US $ 1,5 bilhão em Bitcoin. Isso aumentou o preço em mais de US$ 8.000 em um único dia, com o Bitcoin estabelecendo um recorde de cerca de US$ 48.000 na terça-feira.

Publicidade

Bitcoin no mainstream

O BNY Mellon, o banco mais antigo da América, anunciou planos para gerir investimentos em Bitcoin em nome de seus clientes.

Os serviços de pagamento digital Venmo, Apple Pay e PayPal (Reino Unido) também anunciaram planos para incluir uma opção de pagamento em Bitcoin – um movimento que deve aumentar a adoção do Bitcoin, superando a crítica comum de que o Bitcoin é inútil.

Além disso, grandes players como Visa e Mastercard também anunciaram recentemente o interesse em processar pagamentos de criptomoedas em suas redes.

A Mastercard, uma das gigantes no mundo dos pagamentos tradicionais, está entrando no mercado das criptomoedas. Em uma publicação no blog na quarta-feira (10), a empresa de cartão de crédito anunciou que “começará a oferecer suporte a criptomoedas selecionadas diretamente em nossa rede” em 2021.

Publicidade

Embora a Mastercard já trabalhe com as empresas de pagamento de criptomoedas Wirex e BitPay em cartões de débito de criptomoedas, as notícias de hoje representam uma mudança para permitir que as criptomoedas se movam dentro da rede real.

No final do mês passado, o CEO da Visa, rival da Mastercard, Al Kelly disse em uma teleconferência sobre lucros do primeiro trimestre que sua empresa estava pensando em adicionar criptomoedas à sua rede, embora ele não tenha assumido nenhum compromisso.

“Na medida em que uma moeda digital específica se torna um meio de troca reconhecido, não há razão para não podermos adicioná-la à nossa rede, que já suporta mais de 160 moedas hoje”, disse Kelly.

VOCÊ PODE GOSTAR
Craig Wright afirma ser o criador do Bitcoin, Satoshi Nakamoto

Craig Wright admite não ser Satoshi Nakamoto, o criador do Bitcoin

Um tribunal do Reino Unido ordenou que Wright declare publicamente que não é o criador do Bitcoin e do white paper do projeto
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

Manhã Cripto: ETFs de Bitcoin chegam ao 9º dia consecutivo de entradas

Os ETFs de Bitcoin negociados nos EUA já captaram US$ 1,9 bilhão nos últimos nove dias
Moeda de Bitcoin à frente de logo da Mt. Gox

Reembolsos de Bitcoin da Mt. Gox se aproximam: veja as previsões

Já faz uma década, mas não vai demorar muito mais, pois bilhões de dólares em Bitcoin estão a caminho dos credores da falida exchange
Imagem da matéria: Fundos de Bitcoin registram 5ª maior captação semanal da história

Fundos de Bitcoin registram 5ª maior captação semanal da história

Mais de US$ 1,4 bilhão foram investidos em fundos de criptomoedas nos últimos sete dias, o triplo da semana anterior