Imagem da matéria: Baleias movimentam US$ 1 bilhão em bitcoin em sete transações
Foto: Shutterstock

A blockchain do Bitcoin (BTC) viu sete grandes movimentações na tarde da última terça-feira (30). No total, houve a transferência de 18.880 BTC, o que equivale a aproximadamente US$ 1,1 bilhão em criptomoedas, ou R$ 6,35 bilhões.

A informação provém do serviço de análises on-chain Bitcoin Block Bot e foi publicada através do Twitter. As transações movimentaram entre 1.998 BTC e 4.508 BTC, cada uma, sempre no bloco 677.032.

Publicidade

Nessa mesma linha, o Whale Alert indica que ao menos parte das transações aconteceu das carteiras da exchange Coinbase para endereços desconhecidos. O total de taxas pagas, nesse caso, foi de 0,00581865 BTC, ou US$ 343.

Na semana passada, uma única transação sacou 14 mil bitcoins somente da corretora americana.

Alertas de transações do Bitcoin Block Bot (Twitter)

Movimento de HODL?

Não há como afirmar que as transações foram feitas por apenas uma entidade ou investidor. Porém, isso é bastante possível, já que a ocorrência de várias transações de grande porte num curto período de tempo é extremamente incomum.

Outro ponto relevante é a retirada de BTC da Coinbase. Muitos investidores consideram que isso pode ser o movimento de um HODLer, que é a designação utilizada para os acumuladores de criptomoedas.

Caso um HODLer tenha comprado as criptomoedas, é de se esperar que elas não voltem tão cedo para o mercado.

Publicidade

Transação mostra confiança na blockchain

A ocorrência de grandes transações na blockchain do Bitcoin funciona como um atestado de confiança na capacidade de processamento da rede.

Desse modo, mesmo que não se saiba a utilidade que será dada para as moedas, apenas o fato de que alguém movimentou US$ 1 bilhão em bitcoins demonstra que a rede é segura.

Além disso, fica a questão: será que uma movimentação dessas seria possível no sistema bancário tradicional? É possível que sim, embora o procedimento seja, provavelmente, burocrático, demorado e custoso.

No mais, como a blockchain do Bitcoin é anônima, não há como saber quem são os responsáveis pela movimentação bilionária. Isso acontece porque os endereços das carteiras que guardam o BTC dos usuários são privados.

VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração de moeda gigante de Bitcoin observada por investidores e prestes a ser cortada ao meio

Como será o futuro do Bitcoin à medida que recompensas aos mineradores ficam cada vez menores?

O que vai acontecer em 2140, quando os mineradores de Bitcoin não ganharem mais recompensas por blocos minerados?
Imagem da matéria: Baleias estão mais famintas do que nunca por Bitcoin; Veja por quê

Baleias estão mais famintas do que nunca por Bitcoin; Veja por quê

“Atualmente a demanda de Bitcoin por esse grupo de investidores é a maior de todos os tempos”, diz estudo da CryptoQuant
Moedas de Bitcoin e Tether lado a lado

Tether detém mais de US$ 5 bilhões em Bitcoin para apoiar o USDT

A gigante das stablecoins adicionou ainda mais Bitcoin ao seu balanço no primeiro trimestre
Imagem da matéria: Corretoras batem recorde de negociações enquanto suas reservas de Bitcoin despencam

Corretoras batem recorde de negociações enquanto suas reservas de Bitcoin despencam

A alta das criptomoedas em março resultou em um recorde de negociações e queda drástica das reservas de Bitcoin das corretoras