Moeda de Ethereum ETH enferrujada à frente de uma grade de proteção
Foto: Shutterstock

Uma baleia de Ethereum (ETH) que estava inativa desde o lançamento da criptomoeda, em 2015, fez sua primeira movimentação na manhã do domingo (28), transferindo 8.000 ETH para um novo endereço. O montante vale atualmente US$ 15 milhões (cerca de R$ 76 milhões).

Antes de enviar todo o dinheiro, adquirido na época da Oferta Inicial de Moeda (ICO) da segunda maior cripto do mercado, o detentor fez primeiro uma transação de teste, enviando 1 ETH, conforme observado em um tweet pelo analista on-chain Lookonchain.

Publicidade

A transação maior, de 7.999 ETH, ocorreu no bloco 17351148 a uma taxa de apenas US$ 1,13 (0,00059509 ETH). Para enviar o primeiro ethereum, a taxa cobrada foi de 0,00057315 (US$ 1,09); ambas deram em torno de R$ 11.

Os fundos foram adquiridos por cerca de US$ 0,31 por token, ou apenas US$ 2.500 no total. Isso significa que o investidor teve retorno de 591.900% sobre o investimento, ressalta o site The Block sobre o assunto.

O termo ‘baleia’ se refere a um investidor que detém grandes quantias de criptomoedas. Movimentos semelhantes aconteceram em outras carteiras nos últimos meses, ou seja, carteiras antigas voltam a movimentar fundos depois de anos, como eventualmente ocorre com holders do Bitcoin (BTC).

Em abril, por exemplo, uma carteira de Ethereum (ETH) que também estava inativa desde 2015 fez sua primeira movimentação, enviando 2.365 ETH para um novo endereço. A transação ocorreu no bloco 17110898.

Publicidade

No mesmo mês, um endereço de Bitcoin (BTC) que não movimentava suas moedas por mais de uma década realizou duas transações de envio de mais de 460 BTC, de quase 1,13 mil BTC (cerca de R$ 160,1 milhões).

No ano passado, uma baleia do Ethereum que estava adormecida desde janeiro de 2019 movimentou 515.565 ETH. Na ocasião, o valor das operações somaram US$ 527 milhões (cerca de R$ 2,7 bilhões).

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: O poder dos RWA: executivo explica por que faz sentido tokenizar ativos do mundo real

O poder dos RWA: executivo explica por que faz sentido tokenizar ativos do mundo real

Fabrício Tota, diretor do MB, discutiu no Ethereum Rio como empresas podem tirar o máximo proveito da tecnologia blockchain através da tokenização
o que é mineração de bitcoin

Dificuldade de mineração de Bitcoin está despencando, mas por quê?

A redução no preço do Bitcoin, combinada com a diminuição das recompensas de mineração, resulta em menos mineradores e em uma rede menos robusta — pelo menos por enquanto
Imagem da matéria: El Salvador lança site de Bitcoin e revela quantas criptomoedas possui hoje; confira

El Salvador lança site de Bitcoin e revela quantas criptomoedas possui hoje; confira

Segundo os dados do mempool, El Salvador comprou 30 bitcoins no último mês
Moeda de Ethereum na frente de gráfico

Ethereum pode surpreender positivamente nos próximos meses, diz Coinbase

Subindo menos que outras criptomoedas em 2024, o Ethereum pode se recuperar e superar seus pares nos próximos meses, avalia a Coinbase