Placa com o logotipo da b3
Shutterstock

Como anunciado no fim de março, a operadora da Bolsa de Valores, B3, lança oficialmente nesta quarta-feira (17) a negociação do contrato futuro de Bitcoin (BTC). O produto será negociado das 9h às 18h30 e terá o código BIT.

Segundo a Bolsa, o contrato utilizará o índice Nasdaq Bitcoin Reference Price (NQBTC) como referência, sendo que o valor de um contrato será o equivalente a 0,1 bitcoin, ou seja, 10% do valor da criptomoeda em reais, e o vencimento dos contratos será mensal.

Publicidade

Nesse tipo de contrato, a liquidação será exclusivamente financeira, ou seja, não há compra e venda de criptomoedas. Os resultados financeiros das negociações ocorrem sobre a variação de preço da Bitcoin.

A B3 explica que, inicialmente, o contrato futuro de Bitcoin contará com formadores de mercado, agentes que negociam o produto e ajudam a trazer liquidez e confiabilidade para a formação de preços.

“Esse lançamento atende uma demanda por um produto derivativo que permite a proteção da oscilação de preços da Bitcoin ou a exposição direcional ao ativo, mantendo a segurança de operar no ambiente da bolsa do Brasil”, disse Felipe Gonçalves, superintendente de Produtos de Juros e Moedas da B3, no anúncio do lançamento.

Como negociar os futuros de Bitcoin

O mercado futuro é a negociação de derivativos, com contratos em que o investidor se compromete a comprar ou vender um determinado ativo em uma data futura com um preço pré-determinado.

Publicidade

Os contratos futuros são negociados em ambiente de bolsa com o preço que os investidores acreditam que esses ativos valerão no futuro, tendo a B3 como contraparte central. Com isso, os futuros acabam sendo muito utilizados como instrumento de hedge (proteção) ou de estratégias mais arrojadas de especulação de curto prazo.

No caso dos futuros de Bitcoin, a B3 explica que para negociar, os investidores de varejo precisarão depositar na corretora uma margem mínima de R$ 100 por contrato.

Os investidores que mantiverem posições nos contratos, ou seja, que não zerarem suas posições até o final do pregão, deverão depositar o equivalente a 50% do valor do contrato. O depósito da margem de garantia é um mecanismo usado para garantir que ambas as pontas da operação cumpram com a obrigação financeira.

Outra característica do mercado futuro é o pagamento de ajustes diários, de acordo com a oscilação do preço do contrato durante o pregão. Isso significa que os contratos vão sofrer, todos os dias, ajustes em seu valor até o dia do seu vencimento.

Publicidade

O vencimento de contrato vai ocorrer sempre na última sexta-feira do mês, o que permite que o investidor possa montar estratégias com prazos diferentes sobre o mesmo ativo.

B3 e criptoativos

Recentemente, a B3 também apresentou seu relatório anual de 2023 e entre dados e projeções, apresentou seus planos para o mercado de criptomoedas, com destaque para a intenção de se tornar uma custodiante de Bitcoin e outros ativos digitais para corretoras, bancos e demais empresas do setor.

No documento, a empresa diz que quer criar uma plataforma para “oferta de toda a infraestrutura para o mercado de ativos digitais”, o que inclui processo de tokenização, com a geração dos smart contracts; custódia; plataforma de negociação; facilitação de liquidação; e gestão de risco.

Apesar de não deixar claro no relatório, esse posicionamento da B3 em relação à custódia de criptoativos está relacionado ao andamento da regulação do setor no Banco Central, que em sua recente consulta pública mostrou que o tema da segregação patrimonial é um dos mais importantes.

Neste cenário, o BC pode determinar que a custódia seja feita por empresas terceiras para garantir a segregação do patrimônio dos clientes e das corretoras, tornando a B3 uma potencial aliada das prestadoras de serviços cripto.

Publicidade
VOCÊ PODE GOSTAR
Nathalia Arcuri falando em evento

Mercado Bitcoin e Nathalia Arcuri firmam parceria de conteúdo via blockchain

Mercado Bitcoin e Nathalia Arcuri firmam parceria via blockchain e promovem educação financeira de criptoeconomia gratuita
Moeda de Bitcoin no centro de dados IA

Como a Inteligência Artificial pode ajudar a detectar lavagem de dinheiro com Bitcoin

Um relatório da Elliptic mostra como o MIT-IBM AI Labs usou técnicas de deep learning com Inteligência Artificial para detectar fraudes na blockchain do Bitcoin
SBF da FTX no Congresso dos EUA

Criador da FTX diz que divide presídio com assassinos e brinca que arroz virou moeda com “boas oportunidades” de arbitragem

Sam Bankman-Fried, fundador da FTX, falou sobre sua vida na prisão, a visão diferenciada que tem sobre o que poderia ter sido sua vida e sua tentativa de apelação da condenação
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin cai para US$ 60 mil; Trump defende criptomoedas e faz memecoin subir 155%

Manhã Cripto: Bitcoin cai para US$ 60 mil; Trump defende criptomoedas e faz memecoin subir 155%

No Brasil, investidores reagem à decisão do Copom de reduzir em 0,25 ponto percentual a taxa básica de juros (Selic)