Imagem da matéria: Axie Infinity (AXS) dispara 9% enquanto Bitcoin (BTC) e altcoins continuam em queda
(Foto: Shutterstock)

Mais uma vez o mercado de criptomoedas amanheceu no vermelho nesta quarta-feira (22), com o Bitcoin (BTC) caindo 3,4% e sendo negociado a US$ 42.050. Axie Infinity (AXS) é um dos poucos ativos na contramão da tendência de queda dos últimos dias.

Embora esteja em queda, o atual preço da moeda está melhor do que durante a noite passada, quando uma forte correção atingiu o mercado e fez o bitcoin cair abaixo do suporte de US$ 40 mil pela primeira vez em dois meses. 

Publicidade

Segundo dados do CoinMarketCap, o BTC atingiu uma mínima de US$ 39.787, mas logo recuperou o nível de US$ 40 mil. Nas exchanges brasileiras, o bitcoin é negociado a R$ 223 mil, conforme aponta o Índice de Preço do Bitcoin (IPB)

Ao longo da semana, a moeda já acumula perdas de 10%, que sobem para 15,9% no período mensal. 

O criptoativo líder do mercado parece reagir às tensões que rondam o mercado financeiro global em meio a crise da Evergrande, a gigante do setor imobiliário chinês que possui uma dívida superior a R$ 1,5 trilhão. O clima afasta investidores de ativos de maior risco, o que também afeta as altcoins. 

Axie Infinity dispara 9%

Axie Infinity (AXS) é a grande vencedora do dia e a criptomoeda que mais valoriza no mercado, em alta de 9% nas últimas 24 horas. A moeda do popular jogo play-to-earn do mesmo nome, está valendo US$ 61 na manhã desta quarta.

Após bater uma mínima do dia de US$ 48 na noite passada, a AXS foi capaz de recuperar os ganhos e  após topo de US$ 62,87 poucas horas depois.

Publicidade

O bom desempenho no dia ajuda a diminuir os prejuízos acumulados na semana da AXS, que chegam a 8,5%. A desvalorização da moeda no mês é ainda mais intensa e chega a 20%.

Outras altcoins também acompanham a fase positiva da AXS e acumulam pequenos ganhos no dia, como a Elrond (+4,7), Amp (+3,1%) e IOTA (+2%).

Altcoins acompanham queda do BTC

Embora alguns altcoins estejam no verde, a maioria parece acompanhar o bitcoin na queda. O Ethereum (ETH) que com muito custo tentava manter seu preço acima dos US$ 3 mil, acabou perdendo o importante suporte ao cair mais 5,8% no dia. Na noite de terça, o ether atingiu uma mínima de US$ 2.670, a pior cotação desde 5 de agosto.

Ao longo da noite o ativo foi capaz de recuperar parte dos ganhos, e na manhã desta quarta, o ETH está valendo US$ 2.910.

Publicidade

Já a Solana (SOL) é a criptomoeda que registra a maior queda do Top 10 ao desvalorizar 9,5% nas últimas 24 horas, sendo negociada agora a US$ 130 nas exchanges. Outras altcoins que estão desvalorizando nesta manhã são a Cardano (-2,7%), Binance Coin (-3,9%), Polkadot (-5,8%) XRP (-1%)e Dogecoin (-2%).

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: 8 ETFs de Ethereum à vista são aprovados pela SEC nos EUA

8 ETFs de Ethereum à vista são aprovados pela SEC nos EUA

Expectativa agora é que Ethereum possa renovar sua máxima histórica de novembro de 2021 e passar com folga a marca dos US$ 5 mil
Pessoa olha para scanner da Worldcoin

Hong Kong bane Worldcoin por coleta de dados “desnecessária e excessiva”

A Worldcoin chegou a escanear o rosto e a íris de 8.302 indivíduos durante sua operação em Hong Kong, segundo autoridades
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

ETFs de Bitcoin têm entrada de US$ 303 mi, impulsionados por Fidelity e Grayscale

Os fluxos de entrada de ETFs de Bitcoin à vista nos EUA atingiram uma alta de US$ 303 milhões em duas semanas, já que o preço do Bitcoin ultrapassou US$ 66 mil
ilustração do famoso sapo pepe

PEPE salta 19% e bate recorde após boato de listagem na Coinbase e hype da GameStop

As últimas 24 horas foram uma tempestade perfeita para Pepe: Roaring Kitty voltou causando um boom das memecoins, ao mesmo tempo que se espalhou rumores de listagem na Coinbase