Imagem da matéria: Atendimento humanizado e criptomoedas: empresas combinam pessoas e máquinas na relação com o usuário | Opinião
Shutterstock

O atendimento humanizado no setor de tecnologia não faz parte do imaginário popular. É comum as pessoas acharem que as máquinas dominam praticamente todas as áreas de uma empresa de tecnologia, do processamento de operações financeiras até o SAC, para citar algumas áreas.

Porém, as pessoas continuam sendo parte fundamental dos processos em empresas, inclusive nas de criptomoedas.

Publicidade

Existe, sim, tecnologia de ponta realizando e protegendo as transações com criptoativos e realizando tarefas importantes em outras áreas, mas há também a utilização da mão de obra para funções mais sensíveis: o atendimento ao cliente é uma delas, em especial, no setor cripto, que está em processo de aproximação com os usuários, especialmente os menos experientes.

O atendimento humanizado contempla entender as necessidades de cada cliente e oferecer uma experiência confortável e segura. O melhor a fazer é compreender onde exatamente o cliente se encontra na jornada para auxiliar em eventuais dificuldades.

No setor de criptomoedas, essas dúvidas são frequentes porque há uma grande parte dos clientes ainda está aprendendo a lidar com as tecnologias.

Ter um time de atendentes especializados em pessoas e sistemas é essencial, com treinamentos frequentes, revisão de scripts e reciclagem de conteúdo para trabalhar de forma ética, cumprindo com as políticas e governança de comunicação.

Mais do que receber treinamentos para operar os diferentes canais, os atendentes precisam ser preparados para lidar com o lado humano. Por isso, é fundamental manter uma equipe à disposição do cliente para que ele possa utilizar o aplicativo ou os caixas eletrônicos da empresa de forma segura e eficiente em diferentes momentos da sua rotina de transações.

Publicidade

Diante desse mundo novo dos criptoativos, o atendimento humanizado passa a ser primordial para a adesão e permanência do cliente. O atendimento totalmente automatizado pode ser, nessa etapa do amadurecimento do mercado de criptomoedas, um risco para empresas e usuários.

A falta de suporte de uma empresa do setor tende a reduzir drasticamente a conclusão de operações, porque os clientes não se sentem seguros de concluir os processos, além de dar brechas a fraudes.

Para o atendimento humanizado no segmento de criptomoedas, a escuta cumpre um papel fundamental. A compreensão das necessidades do cliente a apresentação de soluções por parte da empresa requer uma aproximação de linguagem entre as duas pontas.

Embora caminhemos para um mundo cada vez mais automatizado, soluções como inteligência artificial, chatbots e outras tecnologias aparecem como suporte para melhorar o relacionamento entre marcas e clientes, e não como aparato que chega para substituir as relações humanas. 

Publicidade

As empresas que aproveitam esse potencial de integração das novas tecnologias tendem a estreitar laços e construir relações duradouras com o público, cada vez mais preocupado com as interações que mantém em suas relações de consumo.  

Sobre a autora

Isabela Rossa é country manager da CoinCloud no Brasil

VOCÊ PODE GOSTAR
Bitcoin em gráfico de alta com seta azul apontado para o alto

Traders esperam que Bitcoin supere a máxima de US$ 74 mil em breve

“Esperamos um impulso de alta aqui que pode nos levar de volta às máximas de US$ 74 mil”, disse a QCP Capital sobre o momento do Bitcoin
Fazenda de Mineração de criptomoedas Salto del Guairá Paraguai -ANDE

Paraguai usa inteligência artificial para encontrar fazenda ilegal de mineração de Bitcoin

Autoridades apreenderam 176 ASICs em Saltos de Guairá com ajuda de sistema que mede a tensão de redes elétricas
Cachorro Shiba Inu que inspitou Dogecoin

Kabosu, a cachorrinha que inspirou a Dogecoin, falece aos 18 anos

Kabosu sofria de doença crônica e já era muito idosa; segundo sua dona, a cachorrinha “faleceu silenciosamente”
Cofre dourado no formato de baleia receb moedas shiba inu SHIB

Baleias voltam a encher os bolsos de Bitcoin, mostra análise

A acumulação acelerada de baleias é um sinal de que o mercado altista do Bitcoin ainda está ativo